JANAíNA CRITICA COLEGAS, MAS SEGUE NO PMDB
29.11.2017

A deputada estadual Janaina Riva (PMDB) disse que não tem intenções de deixar a legenda, apesar de externar sua insatisfação com alguns colegas do partido que vêm votando junto com o governo do Estado na Assembleia Legislativa enquanto ela faz oposição ao govenro do tucano Pedro Taques.

De acordo com a parlamentar, isso deve refletir nas eleições do próximo ano tendo em vista que o PMDB sinaliza que estará no palanque adversário ao do atual governador.

“Eu acredito que o partido tinha que ter uma decisão e acordo nas decisões que são tomadas aqui, elas impactam diretamente nas eleições. Vamos estar de um lado oposto do governador, mas tem deputados do partido que apoiaram ele durante 4 anos. Então fica um discurso muito incoerente”, disse a parlamentar.

Na última semana, o presidente do PDT em Mato Grosso, deputado estadual Zeca Viana, afirmou que fez o convite para que Janaina migrasse para a sigla. A peemedebista porém, diz que está satisfeita na atual legenda e ressalta que só mudaria caso fosse firmada uma aliança com o governador no próximo ano, o que para ela é quase impossível, uma vez que o deputado federal Carlos Bezerra que é presidente estadual do PMDB faz oposição ao grupo tucano há alguns anos.

Dentro da Assembleia Legislativa, a bancada peemedebista é composta por Janaina, Romoaldo Júnior e Silvano Amaral.

“Tenho reclamado para o Bezerra, acho que tínhamos que estar os 3 unidos. Mas o relacionamento é muito bom entre nós e não tem porque sair. A não ser que o PMDB opte por apoiar o Taques, ai não tem como eu permanecer no partido. O Zeca sempre me convidou para ao PDT, desde que eu saí do PSD. Meu pai queria que eu fosse para lá, mas considero hoje que de certa forma temos uma tranquilidade quanto a proporcional e não quero deixar o partido”, ressalta.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade