OBRA DO NOVO PS ESTá 85% CONCLUíDA
20.12.2017

A obra do novo pronto-socorro de Cuiabá (PSC), localizado no bairro Ribeirão do Lipa, já está 85% concluída. A informação foi dada durante uma reunião entre o governador do Estado, Pedro Taques, e o prefeito da capital, Emanuel Pinheiro, realizada na última segunda-feira no Palácio Alencastro, sede do executivo municipal. 

Na oportunidade, os chefes dos executivos municipal e estadual falaram sobre o avanço dos trabalhos e o processo de licitação e modelo de compra dos equipamentos para a nova unidade de atendimento em média e alta complexidade. A prefeitura e o Estado, assim como as Procuradorias Gerais dos dois executivos, estão fechando o melhor modelo de licitação. 

Contudo, já há uma avaliação de que o modelo de “Investimento Segmentado” é a modalidade de compra que tem maior custo benefício para a administração e à população, levando um atendimento de qualidade a todos. Serão adquiridos mais de 12 mil itens, com valor aproximado de R$ 40 milhões. 

A previsão é de que o convênio entre as administrações estadual e municipal seja fechado na primeira quinzena de janeiro de 2018, tendo em vista que emendas da bancada federal, na ordem de R$ 100 milhões, seguem para o Executivo Estadual, que, em parceria com a prefeitura, fará a compra dos equipamentos para o novo hospital. 

O governo informou que ficou acertado que a emenda da bancada federal, em Brasília, iria para custeio para pronto-socorro. “Firmaremos um convênio com o município para equipar o hospital. A prefeitura já está trabalhando no melhor modelo de fazer essas compras. Quando a emenda da bancada vir para o Governo, vamos pagar parte da dívida com a saúde nos demais municípios e vamos assinar esse convenio com Cuiabá. Vale lembrar que o custeio do Estado com hospitais pelo interior é de R$ 55 milhões mensais e precisamos colocar isso em dia”, afirmou Taques. 

Já Pinheiro informou que a lista dos equipamentos a serem comprados segue em fase final de elaboração. “Apresentamos nossa proposta inicial de gestão e de licitação na reunião com o governador. Só faltam os ajustes técnicos da especificação de mais de 12 mil itens que precisam ser comprados. Estamos fazendo a conferência de cada um desses itens para tornar pública a licitação e consolidarmos o calendário para inauguração do novo Pronto-Socorro”, afirmou o prefeito. 

A obra do hospital está orçada em R$ 80 milhões e conta com repasses do Governo do Estado na ordem de R$ 51 milhões. A unidade terá 315 leitos, o que é considerado tão importante para a capital, quanto para todo o Estado, pois 60% dos atendimentos são de pessoas do interior. O hospital será dividido em três setores, com leitos, centro de diagnósticos e centro ambulatorial. A unidade também deverá contar com 444 vagas de estacionamento e um heliponto.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade