EMANUEL E TAQUES VãO DEFINIR COMPRA DE EQUIPAMENTOS DO NOVO PS
14.12.2017

O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) deve apresentar ao governador Pedro Taques (PSDB), nesta quinta-feira (14), o modelo de licitação para a compra de equipamentos e o plano de gestão do novo Pronto-Socorro de Cuiabá.

 

O encontro está marcado para ocorrer à tarde no Palácio Alencastro.

 

A previsão é de que a obra do hospital seja entregue em abril de 2018.

 

"Ele vai nos fazer uma visita. O que não é comum, pois não me lembro de nenhum governador visitando a Prefeitura. É sempre o contrário. Mas a pauta principal é conhecer o modelo de licitação, que queremos publicar neste mês ainda, e o modelo de gestão do novo Pronto-Socorro de Cuiabá", disse Emanuel.

 

"Já discutimos, inclusive, com o Ministério Público. E, para desconhecimento e dissabor dos nossos adversários, está tudo pronto. Por essa eles não esperavam", completou. 

 

No encontro, o peemedebista disse que deve questionar Taques sobre as emendas da bancada federal. 

 

Inicialmente, seriam destinados R$ 80 milhões para equipar o hospital, mas, por conta da pressão do governador, o recurso será dividido entre a Prefeitura  e o Estado.

 

"Vou perguntar isso ao governador, porque preciso desses R$ 30 milhões. A culpa não é dele, é emenda federal, de bancada. Mas vou conversar com ele e saber quando as emendas serão liberadas", explicou Emanuel.

 

A obra

 

A construção do novo Hospital e Pronto-Socorro da Capital tinha previsão inicial para ser concluída em julho deste ano.

 

No entanto, devido a atrasos em repasses e no andamento da obra, a entrega foi adiada para 2018.

 

A obra está sendo construída na região do bairro Ribeirão do Lipa, próximo ao Centro de Eventos do Pantanal, em uma área de aproximadamente 20 hectares.

 

A nova unidade irá contar com 315 leitos, sendo 40 para Unidades de Terapia Intensiva (UTI), um Centro de Diagnósticos – evitando que os exames necessários sejam feitos em outros lugares – e um Centro Ambulatorial, com consultas e leitos para internação suficientes para qualquer tipo de atendimento.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade