ESTADO ACUMULA DíVIDA DE R$ 700 MILHõES COM OS PODERES
15.12.2017

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Eduardo Botelho (PSB), afirmou que a Casa de Leis precisa de cerca de R$ 50 milhões para terminar 2017 "no azul". O parlamentar considera ser plenamente possível o Estado efetuar os repasses no prazo programado.

Segundo o presidente do Legislativo, o dinheiro quitará despesas com servidores e fornecedores. “São cerca de R$ 50 milhões, mais ou menos. Temos a folha de dezembro que pagaremos dia 30, o 13º, que será pago dia 20, e os fornecedores. Com isso, passaria tranquilo”, afirmou Botelho em entrevista a Rádio Capital FM na manhã de hoje.

O deputado disse que tem boas expectativas para que os recursos entrem no caixa da AL-MT em breve, graças a melhora nas contas do governo. Nos últimos dias, entrou no caixa do Estado recursos extras, como o pagamento da dívida da Conab e da Energisa, além da possibilidade do pagamento do FEX já na próxima semana,

Botelho contou também que a previsão do governo de entrada de recursos em dezembro era de R$ 700 milhões, mas que algumas ações levaram esta arrecadação a um acréscimo significativo. Para Botelho, a entrada desses recursos possibilitará o Governo a reduzir o déficit com os poderes. “O governo deve R$ 600 milhões aos Poderes. Tem como resolver, mas a longo prazo e não de imediato. Um exemplo dessa entrada de recursos, é o caso da Energisa, que entrou R$ 120 milhões e entrarão mais R$ 140 milhões ao longo de 14 meses, além de outras negociações. O que a gente previa, que era algo em torno de R$ 700 milhões, deve até ultrapassar, e entrar cerca de R$ 800 milhões no Caixa do Estado, contando com o FEX”.

CRISE

O atraso no pagamento dos duodécimos para os poderes, como a Assembleia Legislativa e o Tribunal de Justiça, fez com que os servidores desses órgãos recebessem os salários relativos a novembro em data diferente do habitual. Eles, que costumeiramente, recebem no último dia útil do mês, tiveram seus vencim

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade