EMANUEL QUER NOME DE CUIABá PARA VICE DE WELLINGTON E SENADO
19.04.2018

 

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (PMDB) defendeu que a chapa de oposição ao governador Pedro Taques (PSDB), nas eleições deste ano, tenha dois nomes ocupados por políticos da Capital.

 

O primeiro deles, para concorrer ao cargo de vice-governador ao lado do senador Welington Fagundes (PR), que já trabalha sua pré-candidatura ao Paiuguás. O outro cuiabano ficaria com uma das duas vagas para a disputa ao Senado.

 

Não sendo o candidato a governador daqui, é natural que uma vaga de vice e uma de senador - já que duas estarão em disputa - sejam da Capital do Estado

“Para ser franco, estou dedicado à gestão em Cuiabá. Estou fazendo pouca política. Mas o que eu defendo é que o vice seja de Cuiaba, que é a cidade mais importante, é a Capital do Estado, o maior colégio eleitoral. Cidade referência e líder no Estado”, disse Emanuel, ao ser questionado sobre sua participação nas discussões em torno da eleição.

 

“Não sendo o candidato a governador daqui, é natural que uma vaga de vice e uma de senador - já que duas estarão em disputa - sejam da Capital”, acrescentou o prefeito, que na tarde desta quinta-feira (16) lançou o "Comitê Cuiabá 300 Anos", em alusão ao trincentenário de Cuiabá, a ser celebrado em 2019.

 

Segundo ele, apesar de haver um desejo de o MDB ocupar um desses cargos, quaisquer políticos entre aqueles que compõem a oposição em Mato Grosso pode ser alçado a uma das vagas.

 

Ao menos por ora, Emanuel afirmou que ainda não há nomes colocados à mesa.

 

“Se puder ser do meu partido, ótimo, melhor ainda. Mas o normal e o que deve ser respeitado é o conjunto de forças partidárias. Todos os partidos têm ótimos nomes que podem contribuir com Mato Grosso este ano. Por enquanto temos essa posição, mas ainda não há nomes”, concluiu.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade