CONCRETAGEM EM ESGOTO TERá DE SER REMOVIDA; SETE óRGãOS DO GOVERNO POLUíAM LAGOA
02.05.2018

O Governo do Estado assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público Estadual (MPE), a Águas Cuiabá e a Prefeitura de Cuiabá, se comprometendo em resolver o problema do esgoto que estava sendo jogado no Parque das Águas, em Cuiabá. Dos 25 órgãos apontados, sete são secretarias do governo de Pedro Taques (PSDB). O prazo para cumprimento do acordo é de seis meses.  

Leia mais:
Mau cheiro e esgoto em pista de caminhada fizeram secretário concretar tubulação no Parque das Águas

Dos 25 órgãos citados pelo Ministério Público Estadual (MPE), que estariam jogando esgoto no Parque das Águas, sete são do Poder Executivo. Dois deles já resolveram seus problemas e os cinco que restaram fazem parte do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

Segundo o secretário de Serviços Urbanos de Cuiabá, José Stopa, "temos fortes indícios que a Secretaria de Administração (SAD) é uma das que estava jogando o esgoto no lago, assim como várias outras. Ainda faremos o levantamente completo, na próxima semana, para mostrar quais são os órgãos, que não são apenas do governo".

Na assinatura do TAC, ficou definido que, em até dez dias, a Águas Cuiabá irá construir uma caixa de drenagem, no Parque das Águas, como uma medida paliativa para recolher o esgoto até a adequação do sistema. No total, o prazo para resolver o problema é de seis meses, se nada for feito, acontece a notificação. O esgoto será tratado em uma Estação Elevatória provisóriamente. Sendo assim, o concreto será retirado.



Com a assinatura do TAC, a Águas Cuiabá terá 30 dias para diagnosticar todos os órgãos que apresentam problemas na destinação do esgoto. A partir deste diagnóstico, o Executivo terá 180 dias para construir um ramal de esgoto até um local próximo à rede coletora da concessionária. A Águas Cuiabá será a responsável pela ligação dos ramais.

O secretário de Serviços Urbanos, José Stopa, explicou – em entrevista ao Olhar Direto – as razões que o levaram a mandar concretar a tubulação que leva esgoto até o Parque das Águas, no Centro Político Administrativo, em Cuiabá. Segundo o gestor da pasta, análise da água já confirmou a presença de coliformes fecais, o que contribui para o mau cheiro no local, que é um cartão postal da Capital. Além disto, nos momentos de maior uso, os dejetos também passavam pela pista de caminhada, onde circulam várias pessoas.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade