PM INVESTIGA MAJOR QUE
04.05.2018

A Corregedoria Geral da Polícia Militar instaurou um inquérito para o caso do comandante interino do 8º Batalhão da Polícia Militar, major Costa Castro, que invadiu um programa de televisão da emissora da TV Nativa – afiliada da Rede Record em Alta Floresta – e protagonizou uma discussão acalorada com um jornalista. O caso ocorreu no começo da semana, mas ganhou repercussão nesta sexta-feira (04). 

O major chegou a apertar o braço de uma secretária para entrar no estúdio. Após ser avisado pela secretária que teria que esperar o programa terminar, o oficial apresentou um comportamento “agressivo”. 

A secretária teria parado em frente da porta para impedir o policial de entrar no estúdio, momento em que o Major segurou seu braço e a empurrou contra a parede.

Em seguida entrou no estúdio e iniciou uma discussão com o jornalista e apresentador Oliveira Dias. A informação é de que o programa estava em transmissão ao vivo.

O Comando Geral da Polícia Militar de Mato Grosso repudiou a atitude do oficial e informou “que não compactua com atitudes que possam prejudicar o trabalho da imprensa ou, de qualquer maneira, cercear a liberdade de expressão de seus profissionais”. O motivo da briga entre o jornalista e o policial não foi esclarecido.

O tenente-coronel PM Óttoni Cézar Castro Soares, oficial mais antigo na região, e que responde atualmente pelo 3º Comando Regional, com sede em Sinop, foi designado para acompanhar in loco o andamento dos fatos.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade