IRMãO DE EX-SECRETáRIO SE ENTREGA EM CUIABá; CONTRATO DE
09.05.2018

O advogado Pedro Jorge Zamar Taques, irmão do ex-secretário da Casa Civil, Paulo Taques, acabou de se entregar ao Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), em Cuiabá. Ele teve a prisão expedida pelo desembargador José Zuquim Nogueira, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, na “Operação Bônus”, segunda fase da “Bereré”.

Com isso, já foram cumpridas as seis prisões expedidas na operação. Além de Pedro Jorge, estão detidos o ex-secretário Paulo Taques, o deputado estadual Mauro Savi (DEM), e os empresários José Kobori, Roque Anildo Reinheimer e Claudemir Pereira dos Santos, vulgo “Grilo”.

Todos os presos serão encaminhados para audiência de Custódia, que ocorrerá na 11ª Vara Criminal de Cuiabá, no início da tarde. Apenas Kobori foi detido em Brasília e deve ser recambiado para Mato Grosso ainda nesta quarta-feira.

DO ESCOTEIRISMO A PRISÃO

Pedro atuava “oficialmente” como advogado da EIG Mercados em causas trabalhistas no Mato Grosso. Porém, para os investigadores do Gaeco, o contrato com o escritório de advocacia de propriedade do ex-secretário Paulo Taques era uma forma de legalizar o dinheiro proveniente de propina. 

Pedro Jorge Zamar Taques também tinha uma relação de proximidade grande com o empresário José Kobori, que presidiu a EIG Mercados. Eles foram colegas de escoteirismo, de faculdade, e o advogado foi responsável pelo primeiro divórcio do empresário, sendo responsável inclusive de conseguir a guarda do filho para Kobori.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade