PDT PREVê QUE DEM APOIARá TAQUES CASO MAURO FUJA DA DISPUTA EM MT
25.04.2018

O deputado estadual Zeca Viana (PDT) disse que se o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), não for o candidato do grupo político que vem se formando para disputar o Governo do Estado nas eleições de 2018, o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde (354 km da Capital), Otaviano Pivetta (PDT), substituirá o democrata no papel de adversário do governador Pedro Taques (PSDB) numa eventual disputa de reeleição. Viana, porém, admitiu que Pivetta não é “consenso” entre os eventuais opositores de Taques.

As declarações do deputado estadual foram feitas em entrevista a edição do Jornal do Meio Dia (TV Villa Real - canal 10.1) desta terça-feira (24). Viana disse que Mauro Mendes, que ainda não oficializou sua candidatura ao Governo do Estado nas próximas eleições, possui problemas particulares para resolver antes de tomar a decisão.

Zeca já avisa que respeitará a decisão de Mauro caso recue da disputa. “Mauro Mendes ainda tem a possibilidade de se candidatar. O que nós estamos respeitando é o prazo que ele pediu, que ele tem os problemas particulares dele. A gente tem que respeitar. Mas já está definido: O Mauro não saindo, o Pivetta é o candidato ao Governo do Estado. Precisamos ainda conversar com os partidos, principalmente os partidos que estão lá com o senador Wellington”, disse Viana.

Mesmo adiantando que Otaviano Pivetta será o candidato escolhido pelo grupo, que ainda incluem os irmãos e ex-governadores Jayme e Júlio Campos, além do deputado federal Fábio Garcia e outros, Viana explicou que o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde ainda não é consenso entre as lideranças políticas do DEM. “Tem um impasse e nós temos que ser realistas. Tem a ala do PSB que foi para o DEM recentemente, que não apoia Otaviano Pivetta. Aí nós temos que fazer um convencimento com Jayme Campos, o próprio presidente da Assembleia, Eduardo Botelho, e o Dilmar Dal Bosco. Eu vejo uma certa aproximação do Jayme com o Pedro Taques. O Jayme e o Botelho são mais tendenciosos para estar junto com o Pedro, mas a maioria dos prefeitos do DEM não aceita andar com o Pedro. Dá pra mudar a cabeça deles. Dentro do próprio DEM acredito que vai haver um manifesto para que eles não adiram à reeleição de Pedro Taques”, disse Viana.

Otaviano Pivetta tem sido um dos críticos mais ácidos da gestão do atual Governo e do próprio governador Pedro Taques. Ele, que foi coordenador da campanha vitoriosa de Taques nas eleições de 2014, disse num áudio que circulou nas redes sociais na última semana que o Chefe do Executivo de Mato Grosso é “vagabundo, narcisista, mau caráter, mentiroso e ladrão de siglas partidárias”. As declarações foram dadas em resposta a afirmação de Taques, que chamou Pivetta de “preconceituoso”, comparando-o a “escravocratas”.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade