GESTORES REALIZAM ACOMPANHAMENTO DE DIRETRIZES ESTRATéGICAS PARA O DESENVOLVIMENTO DE CUIABá
06.06.2018

Os gestores das 18 secretarias municipais da Prefeitura Cuiabá realizaram o acompanhamento das diretrizes estratégicas traçadas para alavancar o desenvolvimento da Capital. Ao longo da manhã desta quarta-feira (06), os servidores abordaram o plano de ação, que determina todas as iniciativas a serem empregadas pelo poder público, a fim de gerar resultados eficazes que possam ser percebidos pelo cidadão. O encontro foi marcado pela presença do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e pelos conselheiros da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que estão atuando como agentes orientativos na busca de uma governabilidade firmada em políticas públicas eficientes.

“Este momento é extremamente valioso, pois é aqui que consolidamos todas ações internas e externas que cada pasta precisa desempenhar para que nossa cidade cresça genuinamente, a partir da exímia prestação de serviços. Temos metas de pequeno, médio e longo prazo, que concentram em si objetivos muito mais amplos e prolongados. Dentro deste vasto planejamento estratégico, o município deseja criar uma política de incentivo aos moradores que aderirem à geração de energia solar, implementar ações de recuperação de áreas públicas, capacitar trabalhadores para o mercado de trabalho, elevar de 25,7% para 50% a capacidade de atendimento da rede pública de ensino da Educação Infantil, dentre outros. E com tantos compromissos a serem cumpridos, é fundamental mantermos todo esse processo de caminhada devidamente monitorado, sob os cuidados do TCE e da UFMT, que atuam como reguladores e orientadores desta missão. O prefeito Emanuel Pinheiro confiou o desenvolvimento de Cuiabá nas nossas mãos e precisamos suprir essas expectativas, trabalhando de maneira ordenada e com responsabilidade com a população”, afirmou Carlos Roberto da Costa, secretário municipal de Governo.

Desenvolver a cultura do planejamento é uma tarefa que começa nos átrios da gestão pública. Com essa perspectiva em mente, os secretários e demais gestores representativos de suas respectivas pastas são encorajados e desafiados a pensar no atendimento das necessidades locais com presteza e eficácia. Para o auditor público Externo do TCE, José Marcelo Perez, isso só é possível quando as ações feitas pelo município não conduzidas deliberadamente, sem qualquer tipo de plano pré-determinado.

“Não podemos esquecer que tudo aquilo que a Prefeitura faz é pautado pela utilização dos recursos públicos. Portanto, não há outro caminho para gerir nossa cidade que não seja pelo planejamento. O desafio de cumprir as metas dispostas é genuíno, mas é possível. Cuiabá é uma capital e por possuir tamanha responsabilidade, precisa também assumir o compromisso de ser uma referência para os demais municípios. E como representante do TCE, meu objetivo é auxiliar estas etapas, para que cada gestor consiga atingir os objetivos propostos, fazendo com que a população perceba essas mudanças na prática, seja na melhoria estrutural, seja na efetividade dos serviços sociais”, ponderou.

Para  Renato Neder, professor do Departamento de Administração da UFMT e conselheiro do Programa de Desenvolvimento Institucional (PDI), a compreensão sobre a importância do planejamento já é dimensionada pelos gestores, mas há ainda algumas dificuldades na sua operacionalização. Segundo o docente, um acompanhamento mais próximo junto aos secretários facilitará esta longa caminhada, gerando resultando mais concretos, a partir de indicadores mais bem determinados.

“Temos aqui alguns indicadores frágeis, que não podem ser medidos, e creio que deveríamos repassar cada um desses itens e suas respectivas metas. Existem algumas questões de semântica que também precisam ser sanadas e sugiro que façamos uma central de operações, para que possamos sentar com os secretários e reexaminar todos os apontamentos necessários. Se estabelecermos uma equipe multidisciplinar e multiorganizacional, conseguiremos avançar a passos mais largos. Esta força-tarefa nos ajudará a solucionar toda e qualquer dificuldade que sinalizamos no planejamento estratégico feito pelas pastas, à medida que prosseguimos para o nosso grande objetivo, que é aprimorar a qualidade de vida da população cuiabana”, concluiu.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade