“CONTAS ESTãO EM DIA; LIMITES ORçAMENTáRIOS DIFICULTAM PROJETOS"
28.05.2018

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou que, mesmo diante da crise nacional, está em dia com todas suas contas do Executivo e que mantém a promessa de entregar diversas obras para os 300 anos da Capital, em abril de 2019.

 

Em entrevista ao MidiaNews, o emedebista disse que sua maior insatisfação é o fato de os limites orçamentários dificultar a Prefeitura de tocar projetos de maneira independente.

 

“As contas da Prefeitura, apesar da crise, dificuldades, continuam em dia. A folha rigorosamente em dia. O direito dos servidores pagos e respeitados integralmente. Os fornecedores em dia, salvo algumas exceções, como na Saúde, principalmente, devido à crise que assolou o País e afetou o Estado, no repasse. O equilíbrio entre despesa e receita está em dia, como sempre prezando pela Lei de Responsabilidade Fiscal”, afirmou.

 

Há sempre um desejo de quero mais, não só da população como meu, enquanto gestor. Mas os limites orçamentários não nos possibilita fazer tudo

“Claro, há sempre um desejo de quero mais, não só da população como meu, enquanto gestor. Mas os limites orçamentários não nos possibilita fazer tudo o que a gente quer, no momento que a gente quer, na hora que a gente quer, de forma independente”, completou.

 

Segundo o prefeito, os projetos devem contar com apoio da bancada de Mato Grosso no Congresso Nacional, por meio de emendas.

 

Ele explicou que alguns dos planos para o aniversário de Cuiabá estão em fase adiantada. Citou, por exemplo, o Contorno Leste, um viaduto que liga a Avenida Beira-Rio à Ponte Sérgio Motta, além da trincheira ligando as avenidas das Torres e Itália.

 

“Eu prometi na campanha que teria uma ótima relação com a bancada federal, com o Governo do Estado, com a Câmara de Vereadores, para possibilitar a atração de recursos. Para você ter uma ideia, só não está sendo mais rápido algumas entregas por conta de uma burocracia que existe na máquina como um todo”, disse.

 

“Tem dezenas de obras que vamos fazer e que estamos fazendo para as comemorações do aniversário de Cuiabá, para o mês de aniversário, para o ano de aniversário e para a gestão dos 300 anos. Até porque os meus compromissos não se encerram em oito de abril do ano que vem. Meu compromisso é até 31 de dezembro de 2020”, afirmou.

 

Sem conclusão

 

Apesar disso, ele não descartou a possibilidade de não conseguir tempo suficiente para terminar todas as obras prometidas.

 

Disse que, caso isso ocorra, irá deixar o projeto para o próximo gestor e explicar à sociedade as razões de não conseguir concluir.

 

“Estamos, sim, em um período de muitas obras na cidade. Cada canto que você anda, nos bairros, vai ver obras em Cuiabá de várias naturezas, seja de receita própria, de convênio com Governo Federal ou em parceria com o Governo do Estado. É esse ritmo de canteiro de obras que quero manter na cidade e até intensificar. Mas isso depende da condição financeira para investimento”, disse.

 

“Vamos honrar os compromissos que fizemos. E aqueles que, porventura, não puderem ser honrados, deixaremos o projeto pronto e esclareceremos o porquê não pudemos fazer. Mas isso em tempo oportuno. A minha determinação é lançar tudo”, completou.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade