PARADOS, TRENS DO VLT RECEBEM CUIDADOS DIáRIOS E SECRETáRIO LAMENTA: “PODERIAM ESTAR RODANDO”; VEJA FOTOS E 360º
25.06.2018

Quase cinco anos após chegarem a Cuiabá, os trens do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) ainda continuam confinados dentro do Centro de Manutenções, localizado em Várzea Grande. O que poucos sabem é que as composições recebem atenção e cuidados diários. Os veículos têm manutenção para evitar problemas causados pelo forte sol da capital mato-grossense. O secretário-adjunto do VLT, José Picolli, lamenta que os trens não estejam a serviço da população. “Poderiam estar rodando, ainda estão cheirando a novos”.

Leia mais:
“Não adianta ter o RDC pronto sem a empresa para operar o VLT”, afirma secretário
 
A reportagem do Olhar Direto esteve no Centro de Manutenções e pôde conferir de perto como é feito o trabalho com as 40 composições. Uma equipe é responsável por zelar pelo patrimônio mato-grossense. “Os veículos têm manutenção todo dia. Eu mesmo vou pelo menos duas vezes por semana para acompanhar. São verificadas as borrachas, os trens são movimentados manualmente, porque não podem ficar parados. Cobrimos as principais partes de dentro para evitar problemas causados pelo sol. Não tem nada abandonado aqui”, garantiu o secretário à reportagem.
 
No Centro de Manutenções, também é possível notar que praticamente tudo o que é preciso para dar sequência na obra está no local, apenas aguardando a ordem de execução dos serviços. “Está tudo aqui, só precisamos montar tudo isto na cidade. Nós não tivemos aqui nada mau feito. O que aconteceu foi a paralisação. Você pode ver a qualidade de tudo, os parafusos que estão há mais de cinco anos parecem que foram colocados hoje. Os trilhos estão perfeitos, o que se vê é um pouco de mato, mas que é rapidamente resolvido”, comenta Picolli, que foi responsável pela implantação do VLT no Rio de Janeiro (RJ).
 
“Aqui [no Centro de Manutenções] temos uma área de 64 mil m². Para ter uma ideia, o do Rio de Janeiro tem 15 mil m². Tem um local para guardar os trens, a oficina para que possa ser dada manutenção. É uma cidade que temos aqui, que irá gerar muitos empregos para a população”, explicou o secretário.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade