EX-PRESIDENTE DO DETRAN DIZ
07.07.2018

O ex-presidente do Departamento de Trânsito de Mato Grosso (Detran), Thiago França, confirmou que pediu exoneração do cargo nesta quarta-feira (05) para apoiar o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), ao governo do Estado. França alega ter uma relação pessoal muito próxima de Mauro.

“Em razão deste relacionamento pessoal e relacionamento de nossas famílias, nós vamos seguir a vida. A vida é de escolhas, mantive a coerência e obedeci a minha consciência”, disse o ex-dirigente do Detran, que é compadre de Mauro Mendes.

O ex-gestor informou que não comunicou o governador sobre sua saída. Ele anunciou que deixaria o cargo em conversa com o secretário da Casa Civil, Ciro Rodolfo Gonçalves. 

Porém, enfatiza que tem gratidão pela oportunidade dada pelo gestor, mas a relação pessoal pesa na hora da escolha política. “Eu dialoguei com o secretário da Casa Civil, foi uma conversa absolutamente tranquila. O governador está satisfeito com o trabalho que a gente fez, mas compreendeu. É uma decisão de foro intimo e pessoal mesmo”, explicou. 

França ficou por cinco meses na frente do Detran, mas já estava no governo Taques desde 2017, quando assumiu como secretário-adjunto de Cidades. Antes, ele havia sido secretário de Mobilidade Urbana de Cuiabá, na gestão de Mauro Mendes.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade