JUSTIçA MANDA AL EXONERAR SERVIDORA QUE TERIA COMEçADO A TRABALHAR COM 12 ANOS
26.07.2018

A juíza Célia Regina Vidotti, da Vara Especializada Ação Civil Pública e Ação Popular, mandou exonerar mais uma servidora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso que não prestou concurso público e que mesmo assim foi efetivada e estabilizada no cargo. Segundo a ficha funcional da funcionária, ela teria sido contratada pela Casa de Leis com apenas 12 anos.

Na decisão, a magistrada condena S.A.P.F., técnica legislativa de nível médio lotada no gabinete da deputada Janaina Riva (MDB), com salário de R$ 7.345, a perda do cargo, além de ter que pagar as custas judiciais e despesas processuais. Na ação proposta pelo Ministério Público Estadual (MPE), o órgão ministerial aponta que consta na ficha funcional da servidora, a data de ingresso no Legsialtivo em 1º de junho de 1983, no cargo de agente 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade