MAURO LEMBRA QUE WF APOIOU SILVAL E DISPARA:
20.09.2018

“A opinião dele não vale neste momento”. A declaração é do candidato ao Governo pela coligação “Pra Mudar Mato Grosso”, Mauro Mendes (DEM), ao reagir as críticas feitas pelo adversário Wellington Fagundes (PR) sobre a gestão do democrata na prefeitura de Cuiabá.

Para Mauro, o republicano não conhece Cuiabá para fazer comparativos das gestões municipais. Durante encontro em Várzea Grande, na noite desta quarta-feira (20), o candidato lembrou-se dos apontamentos levantados pelo adversário que considerou sua gestão péssima.

Fagundes acusou o democrata de vender a ideia de que foi um bom prefeito, mas somente na área de saúde deixou cerca de 12 obras inacabadas. Além disso, apontou que Mauro é um dos responsáveis pela “cicatriz” que as obras do VLT causaram na capital do Estado, já que o prefeito tinha autoridade para fiscalizar e até barrar as obras.

Na ocasião, o republicano também destacou que o atual prefeito, Emanuel Pinheiro (MDB), é bem melhor do que Mendes. No entanto, o ex-prefeito considera que o republicano não tem visão da capital.

Ele ainda provoca ao falar que Fagundes foi reprovado em eleição municipal, por isso, não pode opinar em nada. Além disso, pontua que pesquisas que demonstram que sua administração com 80% de aprovação, falam por ele, e respondem as criticas. “Wellington foi reprovado como candidato a prefeito de Rondonópolis, então ele não entende nada de Cuiabá, não conhece os bairros de Cuiabá, não conhece a nossa realidade. Ele está falando simplesmente aquilo que não conhece. O povo já aprovou a minha administração com 80%”, comenta. 

Mendes perdeu duas eleições, sendo uma para prefeito de Cuiabá, em 2008, para o atual deputado estadual, Wilson Santos (PSDB), e a outra ao Governo do Estado, em 2010, para Silval Barbosa. Em relação a isso, que também foi alvo das observações feitas pelo adversário, ele é firme em garantir que perdeu, mas quando ganhou conseguiu corresponder e conquistar a experiência que o Estado precisa. “Perdi sim, perdi duas vezes, mas ganhei também. Aí, depois de prefeito com uma experiência bem sucedida eu me apresento como candidato ao governo. Talvez foi por isso que lá em 2010 eu fui reprovado, mas o candidato que ele apoiou e lutou tanto foi Silval Barbosa que decepcionou o estado de Mato Grosso”, frisou.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade