NúMERO DE VOLUNTáRIOS PARA A COPA EM CUIABá CAI PARA 300; FORAM 2 MIL INSCRITOS
26.05.2014

Trabalho de voluntários à frente da Arena Pantanal, em Cuiabá, em dia de jogo-teste

 Trabalho de voluntários à frente da Arena Pantanal, em Cuiabá, em dia de jogo-teste

Dos 2 mil candidatos que se inscreveram para voluntário da Copa, em Cuiabá, sobraram apenas 300, após a dura seletiva da Fifa. Embora o número pareça ‘apertado‘ diante da dimensão de um evento que é a Copa do Mundo, a conta está fechada sem preocupações para o COL (Comitê Organizador Local da Copa do Mundo) e o contingente já realiza os últimos treinamentos para os quatro jogos que acontecerão na capital mato-grossense, em junho. No final de semana, os voluntários realizaram nova bateria de treinamento, incluindo primeiros-socorros.

O ‘enxugamento‘ dos candidatos até à seleção dos 300, ocorreu em poucos meses. Segundo a Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa), a maioria dos que desistiram não pôde participar de todas as etapas de capacitação dos cursos, que preparam as pessoas que ajudarão a realizar a Copa.

À frente do programa de voluntariado em Cuiabá, Melissa Catalano acredita que o número de inscritos aptos será suficiente para a organização do mundial, já que a cidade contará também com o apoio dos inseridos no programa da Fifa. Segundo ela, os voluntários terão todo o apoio necessário, com estruturas de tendas, banheiro químico e água.

“Os que trabalharem também terão direito a seguro de vida pelo tempo de atuação, cartão vale alimentação, vale transporte e uniforme completo com camiseta, calça, agasalho, mochila e boné”. Como forma de orientação, será disponibilizado um sistema online que contém uma agenda com local, dia e horário de atuação. A Secopa manterá uma estrutura para informar os voluntários que necessitem de auxílio. Todos os pontos também contarão com coordenadores, que acompanharão de perto o trabalho e resolverão possíveis imprevistos.

De acordo com a professora Vera Bertolini, coordenadora de extensão de cultura e vivência da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e responsável pelo curso prático oferecido para treinar os apoiadores, o voluntariado é uma importante tentativa de resgate social e afetiva. “Hoje os laços estão muito esgarçados, é muito individualismo. Tem pouca disponibilidade e disposição de ajudar o outro. É importante a informação, hospitalidade, conhecimento e a volta do espírito colaborativo e amistoso”.

Para Huenderson de Assunção, que trabalha com manutenção escolar e fotografia e se inscreveu no programa Brasil Voluntário pela vontade de ajudar na organização do evento, o papel que os voluntários desempenharão em Cuiabá contará muito para a imagem que os turistas levarão da cidade e do estado. “Espero poder ajudar bastante. O que queremos é que os turistas levem uma boa impressão de Cuiabá e de Mato Grosso e saiam satisfeitos com o atendimento”. Ele já trabalhou como voluntário em diversos eventos beneficentes em prol de instituições sociais, e acredita que os ensinamentos adquiridos no curso preparatório para a Copa serão muito válidos no futuro. “O que estamos aprendendo aqui são ensinamentos que levaremos por uma vida toda”.

O Brasil Voluntário é um programa do Governo Federal, ministrado pelo Ministério do Esporte em parceria com os governos estaduais e as prefeituras municipais das cidades-sede. Foi criado para atender a Copa das Confederações 2013 e a Copa do Mundo 2014. O curso de treinamento foi dividido em 100 horas teóricas e 20 práticas e todos os participantes receberão um certificado. As aulas teóricas, feitas à distância de forma online, foram divididos em quatro módulos obrigatórios: história do futebol e megaeventos, meio ambiente e sustentabilidade, hospitalidade e turismo e segurança e primeiros socorros. Também foi oferecido o módulo opcional de idiomas para os que já tinham algum nível de fluência em inglês, espanhol, francês ou italiano.

Aulas práticas

Após o término da etapa virtual, começaram as etapas presenciais do programa, que em Cuiabá foram realizadas em parceria com a UFMT. Durante quatro fins de semana os alunos se dedicaram ao treinamento, que acabou neste domingo. O primeiro módulo foi a Integração, com dinâmicas de grupos que envolveram esporte, animação de torcida, curiosidades de cada país participante da Copa e simulações de imprevistos que podem ocorrer durante a competição.

A seguir, veio o módulo Turismo, que abrangeu a receptividade e a definição dos pontos que deverão ser mais procurados em Cuiabá e Mato Grosso, e o módulo de Segurança e Primeiros Socorros, com a presença de Bombeiros do Distrito Federal, que estiveram na capital mato-grossense para coordenar o curso e orientar os profissionais de segurança do Estado. O curso prático foi realizado com demonstrações de como proceder em situações de emergência e a simulação de como agir em caso de incêndio. As aulas práticas chegaram ao fim neste domingo com a apresentação do módulo Mobilidade, com palestras de engenheiros da Secopa que explicaram como se dirigir dentro do município e como será feito todo o processo de transporte e o auxilio na mobilização dos cuiabanos e de turistas. Todos os voluntários terão uma carga horária diária de 4 horas e poderão atuar no máximo por 15 dias, durante seis dias da semana. Os servidores municipais e estaduais estão amparados por decreto que os permite a dispensa do trabalho.

Em Cuiabá, os principais pontos que contarão com apoio dos voluntários serão o aeroporto, o entorno do estádio, a Fan Fest e o Centro Aberto de Mídia (CAM). Os que atuarão no aeroporto passaram por um treinamento especial da Infraero e do Ministério da Aviação Civil e farão os primeiros contatos com visitantes prestando informações sobre a cidade, os jogos e transporte. Os das proximidades do estádio auxiliarão torcedores sobre a entrada e saída, estacionamento e assentos. Já a Fan Fest contará com dois grupos diferentes de voluntários. Os que vão auxiliar o público visitante e os que ajudarão na orientação dos jornalistas brasileiros e estrangeiros que não foram credenciados pela Fifa e se instalarão no CAM.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade