PREFEITO LANçA OBRA DE MAIS UMA ETA NO COXIPó E PREVê áGUA TRATADA PARA MAIS DE 200 MIL LARES
12.12.2018

Com a missão de universalizar a água tratada e de dobrar a quantidade de residências com cobertura de esgoto sanitário até dezembro de 2019, ano em que a capital completa 300 anos, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) lançou na manhã desta quarta-feira (12) a obra da nova Estação de Tratamento de Água do Coxipó, a ETA, localizada no bairro Parque Geórgia.

Leia também
Em despedida do Senado, Medeiros agradece Taques e o compara a anão da ‘Branca de Neve‘


Com a proposta de ser batizada com o nome do bancário Moacir Costa e Silva, em homenagem à sua história nestes 300 anos de Cuiabá, a ETA, que deve ter sua obra finalizada em agosto de 2019 prevê o atendimento a mais de 200 mil pessoas que vive na região.

“Esta ETA irá atender mais de 200 mil lares, mais de 200 mil pessoas. Isso significa que um terço da população cuiabana será atendida, universalizando todo atendimento da região sul e apoiando a região central. Esta é a segunda maior ETA e será o símbolo da saúde preventiva, do saneamento básico, do desenvolvimento sustentável e da qualidade de vida para a população cuiabana. É através desta obra e de algumas outras que vamos inaugurar até dezembro de 2019, que vamos atender 100% dos lares cuiabanos, que vão receber na torneira água tratada sem intermitência”, explicou Pinheiro durante lançamento da obra.

O prefeito também recordou que o projeto de universalização do tratamento de água ainda prevê a realização do dobro de cobertura de esgotos sanitários das residências de Cuiabá até dezembro de 2019.

“Recebi a cidade com cobertura de 33% de esgoto sanitário e em dezembro de 2019 vou entregar com 61%. É um feito histórico jamais realizado em Cuiabá. Em dezembro de 2019 vamos dar um salto na qualidade de vida através do saneamento básico na nossa capital”, afirmou.

A ETA Sul integra o Sistema Sul de Abastecimento, que irá absorver os sistemas Coophema e Parque Cuiabá e abastecerá parte dos Sistemas Central e Tijucal, garantindo o equilíbrio na distribuição de água a regiões que ainda são abastecidas em regime intermitente.

A construção do Sistema Sul faz parte do projeto “Águas Cuiabá 300 Anos”, em parceria com a empresa Águas Cuiabá, o qual prevê a aplicação, no sistema de saneamento básico do município, do valor equivalente a R$ 228 milhões - até o fim de 2019, sendo R$ 131,8 milhões para o esgotamento sanitário e R$ 96,2 milhões para o abastecimento de água

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade