CONDENADO A MAIS DE 30 ANOS DE PRISãO POR LATROCíNIO é PRESO APóS ROMPER TORNOZELEIRA ELETRôNICA
18.12.2018

A Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), prendeu na tarde de segunda-feira (17), Nickael Antonio Avelino da Silva, de 35 anos, suspeito de participação no furto de uma pistola no dia 27 de setembro, próximo ao presidio Ana Maria do Couto May. O acusado já havia sido condenado a mais de 30 anos pelos crimes de latrocínio, roubos e furtos e rompeu a tornozeleira eletrônica para não ser localizado pela polícia. Nickael é considerado um criminoso de alta periculosidade e foi preso durante rondas pelo bairro CPA 3, em Cuiabá.
 
Leia mais
Servidor público federal é assassinado ao reagir a assalto próximo ao Shopping Pantanal
 
Os outros criminosos que participaram do furto ocorrido no dia 27 de setembro, já haviam sido localizados e presos em ação da Derrfva, restando apenas a captura de Nickael, que teria realizado o furto e repassado a arma aos demais envolvidos. Após o crime, o investigado rompeu a tornozeleira eletrônica que usava, para não ser localizado, o que motivou a decretação de sua prisão.
 
Nickael apresenta condenações definitivas pelos crimes de latrocínio, roubos majorados, associação criminosa armada, porte ilegal de arma de fogo com numeração suprimida e uso de documento falso, fatos ocorridos nas Comarcas de Nobres e Lucas do Rio Verde, cujas penas a cumprir totalizam 35 anos de prisão.
 
O preso passou por interrogatório e será encaminhado à audiência de custódia, no Fórum da Capital, acompanhado de representação pela continuidade da prisão, tanto pelo rompimento da tornozeleira quanto pela prática de novo crime.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade