TAQUES ENALTECE EMANUEL E AFIRMA QUE PREFEITO é RESPONSáVEL POR 73% DE NOVO PRONTO-SOCORRO
23.11.2018

O governador Pedro Taques (PSDB) fez mais uma das escassas aparições públicas pós-eleição, na manhã desta sexta-feira (23), nas obras do novo Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC). Na ocasião, o tucano aproveitou para enaltecer o apoio do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), a quem atribuiu 73% do projeto. Por fim, voltou a dizer que esta nova unidade irá mudar a chave da saúde no Estado.

Leia mais:
Em fase de acabamento: Emanuel apresenta futuras instalações do novo Pronto-Socorro; veja vídeo
 
“Quero parabenizar o prefeito Emanuel Pinheiro por instalar seu gabinete aqui dentro do novo pronto-socorro. Esta obra se iniciou no primeiro ano da nossa gestão em 2015 e vamos entregá-la junto com o prefeito Emanuel Pinheiro, que fez 73% desta obra”, disse o governador.
 
Depois, Taques acrescentou que “a compra dos equipamentos, já soube que foi um valor de mais de R$ 60 milhões, não deu nenhum problema na licitação, tudo acompanhado pelo Ministério Público (MPMT). Quero dizer que estaremos juntos na inauguração desta obra, que irá mudar e virar a chave da saúde no Estado de Mato Grosso. Nós estamos trabalhando desde o primeiro dia do nosso governo para contribuir com essa obra”.
 
Conforme divulgado pelo Olhar Direto, a expectativa é de que o novo Pronto-Socorro seja entregue com aptidão para receber paciente já a partir do dia 05 de dezembro. O compromisso foi firmado com o presidente Michel Temer (MDB), que deverá estar presente na inauguração do hospital.
 
Inicialmente o novo Pronto-Socorro só seria entregue em abril de 2019, mas no mês passado o prefeito anunciou um incremento de R$ 100 milhões adquiridos junto ao Governo Federal, através do programa “Chave de Ouro”, cujo objetivo é aportar recursos para a conclusão de obras de grande impacto na gestão Michel Temer.
 
O anúncio da vinda dos recursos foi feito no início do mês passado. De acordo com Emanuel Pinheiro, o presidente da República concordou em fazer o repasse para Cuiabá, com a garantia que até dezembro deste ano a obra fosse lançada. “Ele perguntou se eu ia entregar ela no final do ano, eu olhei para ele e falei: ‘Presidente, o senhor vai conhecer a garra dos cuiabanos agora. Se JK fez Brasília em cinco anos, até dezembro eu entrego o novo pronto-socorro de Cuiabá se o senhor autorizar os R$ 100 milhões para nós”, afirmou, à época.
 
O novo pronto-socorro, localizado no bairro Ribeirão do Lipa teve a obra lançada em 2015. No ano passado, após muita polêmica, o Governo, a prefeitura de Cuiabá e a bancada federal de Mato Grosso firmaram um acordo para usar os recursos de emendas parlamentares da União para o custeio da Saúde do Estado. Em contrapartida, o Executivo ficou responsável por repassar os R$ 82 milhões necessários para equipar o novo Pronto-Socorro.
 
O recurso acabou não chegando ao destino final, porém no mês de setembro, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), com a ajuda do senador Wellington Fagundes (PR), do ministro da Agricultura Blairo Maggi que o Governo Federal liberasse os R$ 100 milhões para a finalização da obra.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade