CGE FARá AUDITORIA PARA APURAR SUPERSALáRIOS A SERVIDORES DE MT
08.01.2019

A Controladoria-Geral do Estado (CGE), por determinação do governador Mauro Mendes (DEM), dará início a uma auditoria ampliada na folha de pagamento de dezembro - último mês da gestão Pedro Taques (PSDB) -, a fim de verificar o que motivou o pagamento de supersalários a uma parcela dos servidores públicos.

 

Segundo o governo, o "pente fino" será feito nas folhas dos servidores ativos, inativos e pensionistas, mas não implicará em problemas para o pagamento dos salários, que seguirá o calendário de escalonamento divulgado na última sexta-feira (4), desde que não sejam identificadas irregularidades durante a auditoria.

 

Dados revelados pelo MidiaNews apontam que o pagamento de remunerações vultosas para um grupo seleto de servidores públicos, na folha de dezembro, irá causar um impacto de R$ 48 milhões aos cofres do Estado.

 

Conforme apurado pela reportagem, de um universo de mais de 100 mil servidores públicos da ativa, 1.076 receberão remuneração acima de R$ 30 mil.

 

Desse rol de servidores, 170 receberão mais de R$ 50 mil no próximo dia 30 de janeiro, data prevista para o pagamento da folha de dezembro.

 

Outros 122 servidores receberão a remuneração acima de R$ 80 mil e 25 pessoas receberão valor acima de R$ 125 mil.

 

Ainda conforme as informações da folha de pagamento, há um servidor público que irá receber a quantia de R$ 162 mil.

 

Nessa folha específica, em média, a remuneração dos 99 mil servidores ficou em R$ 5 mil.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade