EMPRESAS EXTINTAS EM MT SERãO TRANSFORMADAS EM DIRETORIAS DE SECRETARIAS
10.01.2019

A reforma administrativa que foi encaminhada para Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (10), traz como item da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que empresas públicas só poderão ser criadas, desde que o executivo demonstre a viabilidade da implantação. A declaração é do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, ao mencionar a proposta da extinção de seis empresas com economia anual prevista de R$ 160 milhões.

Segundo ele, para criar uma empresa é preciso traçar a necessidade dela para o serviço público. “Na Lei de Responsabilidade Fiscal, o Governo para criar qualquer empresa hoje, tem que mostrar a viabilidade da empresa. Não é só você criar uma empresa. Aí cria uma despesa para o tesouro do Estado e a empresa não traz retorno nenhum e só criou despesa”, disse o secretário em entrevista ao

 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade