EMANUEL DEMITE ADJUNTO DE SAúDE QUE ESTá FORAGIDO E DEFENDE DEFAZ
18.12.2018

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) anunciou na tarde desta terça-feira (18) a demissão do secretário-adjunto da Saúde, Flavio Alexandre Taques, que é alvo da segunda fase da Operação Sangria.

 

O adjunto tem um mandado de prisão preventiva em aberto, por conta da operação, e não foi localizado até o momento. Ele é considerado foragido. Emanuel disse que a demissão irá circular no Diário Oficial de quarta-feira (19).

 

“Tomei conhecimento de que havia sido expedido mandado de prisão em relação ao secretário-adjunto de Saúde Flavio Taques. Não me restou alternativa senão exonerá-lo do cargo. Já foi encaminhado para publicação e deverá ser publicado amanhã, com a data de hoje”, disse.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade