MAURO CHAMA TAQUES DE "NãO REPUBLICANO", MAS ENCAMINHA PROJETOS DIA 2
18.12.2018

O governador eleito Mauro Mendes (DEM) disse que atitude do governador Pedro Taques (PSDB) em não encaminhar proposta da reforma administrativa e projeto de renovação do Fethab 2 para a Assembleia Legislativa “não foi republicana”. A declaração de Mendes aconteceu em cerimônia de diplomação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), realizada nesta segunda-feira (17), no Senai, em Cuiabá. 

Na ocasião, o governador eleito também afirmou ser lamentável decisão do tucano, mas reconhece que a autonomia para tomar as atitudes ainda é de Taques. “É lamentável, não é um ato muito republicano. Mas ele é o governador até dia 31 de dezembro”, comentou. 

Taques anunciou que projeto de reforma administrativa não chegou a tempo no executivo para que fosse avaliado e enviado para o legislativo. Ele também alegou que a proposta do Fethab 2 não foi entregue para o Governo para análise. 

Sobre isso, o governador eleito, destacou que Taques tem prerrogativa para tal decisão e não pode interferir. Mas garantiu que sua primeira ação como governador será encaminhar os dois projetos para os deputados analisarem e colocar em votação. “Ele tem a prerrogativa legal de fazer o encaminhamento ou não do projeto de exclusiva competência do executivo para ser encaminhado para o legislativo. Se ele não pode atender este pedido, não tem problema nenhum, dia 2 de janeiro nós iremos efetuar este encaminhamento”, observou.  

A reforma administrativa proposta por Mendes é de redução das 24 secretarias para 15, além da redução de três mil cargos comissionados. Em relação ao Fethab 2, Mendes quer uma reedição para garantir R$ 450 milhões por ano no caixa do Estado. 

O democrata lembrou que fará um Governo diferenciado, com transparência, e vai manter a mesma postura durante os quatro anos de gestão. “Tenho a honra de ter sido escolhido como chefe do Executivo. Iremos governar com muita transparência, muita lealdade e muito amor. Com Deus na frente e muito trabalho, pois foi assim que eu disse que seria durante toda a campanha, e é assim que iremos nos comportar durante os próximos quatro anos”, disse.

 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade