“HOUVE DESCONEXãO ENTRE EMANUEL E MDB; ELE QUER REAPROXIMAR”
22.01.2019

O presidente regional do MDB, deputado federal Carlos Bezerra, afirmou que o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro, filiado ao mesmo partido, busca uma “reaproximação” com a sigla.

 

Segundo o parlamentar, Emanuel se “desconectou” dos emedebistas após se recusar a apoiar a candidatura de Mauro Mendes (DEM) ao Governo e fazer campanha, inclusive coordenando, para o senador Wellington Fagundes (PR).

 

“Houve uma desconexão entre o prefeito e o partido. Uma desconexão total. E isso gerou um mal-estar muito grande dentro do partido. Mas ele está disposto a corrigir isso”, disse Bezerra, em conversa com a imprensa.

 

Alair Ribeiro/MidiaNews

Carlos Bezerra e Emanuel Pinheiro

O deputado federal Carlos Bezerra e o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro

De acordo com ele, Emanuel começou a se reaproximar ao nomear Luiz Antônio Possas de Carvalho para a Secretaria Municipal de Saúde. Este, filiado ao MDB, substituiu Huark Douglas Correia, alvo da Operação Sangria.

 

“O prefeito está em uma linha de reaproximação com o partido. Já fez declarações públicas nesse sentido e isso é positivo. Nós não sentamos para conversar. Devemos sentar nos próximos dias para conversar e discutir como vai ser alinhamento”, afirmou.

 

“Mas ele já começou a corrigir quando nomeou o secretário de Saúde, um quadro do MDB. E está disposto a discutir mais para reforçar esse alinhamento do partido com o Município. E o partido está disposto a isso também”, disse.

 

"Inexperiência"

 

Para Bezerra, a desconexão de Emanuel e o partido ocorreu por inexperiência do prefeito. Ele criticou a decisão de Emanuel em apoiar Wellington.

 

“Ele assumiu aquela posição, um pouco por inexperiência dele. Mas ele está disposto a corrigir e o partido está disposto a conversar. É o que iremos fazer”, resumiu.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade