VíDEO MOSTRA PRESO EM VG ROUBANDO EMPRESA DE EX-CRAQUE DA SELEçãO
16.01.2019

Imagens do elevador do condomínio comercial, onde fica localizada a empresa Ronaldinho Comércio e Participações, do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho, registraram a ação de Altair Moreira da Silva Monteiro, 31 anos. A empresa é localizada em Barueri (SP) e o criminoso foi preso pela Polícia Militar de Mato Grosso em Várzea Grande.  

 

A empresa fica localizada em um condomínio empresarial onde Altair teria prestado serviços de manutenção de informática. O furto ocorreu em janeiro de 2019, após as festa de fim de ano, e o bandido levou cerca de R$ 240 mil em relógio e joias.

 

O sócio do ex-craque da Seleção Brasileira, identificado como R.H.N.O.,  registrou um boletim de ocorrência e reconheceu Altair, como autor do furto de mais de  400 relógios da marca 18 k. A marca é registrada pelo ex-jogador no Brasil.

 

O representante da empresa relatou que encerrou as atividades do ano passado em 28 de dezembro para as festas do final do ano. Ao retornar, no início de janeiro, constatou que a empresa foi alvo de furto.

 

Além dos relógios, foram levados joias e dois notebooks.

 

O empresário disse a Polícia Civil daquele estado que não houve arrombamento. Ao solicitar as imagens do condomínio, constatou que Altair, contratado para prestar serviços de manutenção de informática, entrou da empresa com os cartões de “livre acesso” e levou os produtos.

 

PRISÃO EM VG

 

Na noite desta terça-feira, Altair e a esposa foram levados a delegacia de VG, após serem detidos durante uma ocorrência da Polícia Militar Várzea Grande. A prisão ocorreu após uma denúncia de que dois homens estariam vendendo produtos da fabricante 18k próximo a um posto de combustível. 

 

No local, dois homens foram abordados e relataram que estariam com os produtos para revender. Na casa dele, a esposa foi detida, já que havia diversos produtos roubados no local.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade