MPF PEDE EXTRADIçãO E PRISãO DOS PILOTOS AMERICANOS DO JATO LEGACY QUE MATOU 154 PESSOAS EM MT
27.05.2014

Joseph Lepore e Jan Paul Paladino

oseph Lepore e Jan Paul Paladino

 O Ministério Público Federal pediu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) a extradição e a prisão preventiva dos dois pilotos americanos do jato Legacy, Joseph Lepore e Jan Paul Paladino, que colidiu com um Boeing 737 da Gol em setembro de 2006, matando 154 passageiros do voo 1907. A subprocuradora Lindôra Maria Araújo propôs ainda que causa penal seja transferida para os Estados Unidos

Condenados desde 2011, eles moram nos Estados Unidos e nunca se apresentaram à Justiça brasileira para prestar esclarecimentos. Eles foram condenados a três anos, um mês e 10 dias de reclusão em regime aberto. "É de se ter em mente que os condenados vêm-se recusando desde 2006 a sujeitar-se à jurisdição do Brasil e demonstram profundo desdém pelas formalidades das ações penais em debate", afirmou a subprocuradora.

Os pilotos do Legacy também ficam proibidos de exercer a profissão durante o período da condenação. A decisão é do juiz federal substituto Murilo Mendes, do município de Sinop (500 km de Cuiabá), que fica próximo ao local do acidente, a Serra do Cachimbo. 

Segundo a defesa dos americanos, o pedido de prisão antes do trânsito em julgado é uma afronta ao Direito brasileiro. A decisão do STJ deve sair em um mês. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, os pilotos Joseph Lepore e Jan Paul Paladino, já são considerados foragidos.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade