16 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

CIDADES Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2023, 13:44 - A | A

Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2023, 13h:44 - A | A

ASSISTÊNCIA SOCIAL

CIAMP faz balanço dos resultados das ações para pessoas em situação de rua em 2023

Redação

Durante o ano de 2023 a secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação intensificou a atuação da Proteção Social Especial, por meio dos atendimentos do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e da Casa de Passagem. O trabalho em parceria com demais instituições do Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento da Política Municipal para a População em Situação de Rua (CIAMP) também foi fortalecido. 

No começo da semana, integrantes do CIAMP se reuniram na Casa de Passagem, para o último encontro de 2023. O momento foi de debate acerca dos resultados das ações, atendimento e encaminhamentos realizados durante o ano. Ações como a entrega de cobertores e busca ativa nas ruas da cidade no período de frio, o Mutirão da Cidadania, que atendeu a população em situação de rua com diversos serviços.  Outro evento importante foi o “1º Encontro de Diálogos Sobre Migrações em Sinop”, que também abordou a temática de políticas públicas para pessoas em situação de rua.  

De acordo com o levantamento da equipe do Centro de Referência Especializado Assistência Social (CREAS), de janeiro a novembro de 2023 foram cerca de 389 atendimentos a pessoas em situação de rua, em média 38 por mês. “Foi um ano muito produtivo, contribuímos para a mudança na vida de pessoas que muitas vezes estão sem perspectiva, mas que, por meio do atendimento da proteção social de média complexidade que é ofertado pelo CREAS e de alta complexidade na Casa de Passagem, tiveram acesso aos serviços socioassistenciais”, detalhou a coordenadora da Proteção Social Especial, Marilene Pereira.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

A Casa de Passagem oferta café da manhã e jantar para os acolhidos, o almoço no abrigo é servido somente para aqueles que não tem condições de ir até a instituição Centro Espírita Maria de Nazaré, onde são ofertadas 80 refeições diárias, ou almoçar por um preço acessível no Restaurante Popular, que serve refeições de R$ 8. Durante o encontro, um dos acolhidos da Casa de Passagem, Alex dos Santos, contou um pouco de sua experiência e agradeceu pelo atendimento na unidade. “Muito obrigado a todos, esse é um trabalho muito bonito, que eu vou levar para o resto da vida”, considerou. 

A coordenadora ainda ressaltou a importância do encontro. “Esse é um momento para apresentarmos quais são os atendimentos oferecidos e a rede que temos no município para atender as pessoas em situação de rua, para validar o diagnóstico que posteriormente será encaminhado para o Conselho Municipal de Assistência Social e também à secretaria de Estado de Assistência Social. Esse foi um pedido do Supremo Tribunal Federal", destacou. 

Sinop foi o segundo município de Mato Grosso a criar o CIAMP e segue ganhando projeção estadual com o trabalho desenvolvido. “O colegiado é formado por representantes do governo e outras instituições que atendem essa demanda, trazendo mais democracia e transparência nas ações e atendimentos realizados”, completou a coordenadora.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image