26 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

CIDADES Segunda-feira, 26 de Dezembro de 2022, 11:59 - A | A

Segunda-feira, 26 de Dezembro de 2022, 11h:59 - A | A

ANUÁRIO MULTI CIDADES

Investimento per capita feito por Cuiabá na saúde pública está acima da média das capitais brasileiras

Redação

O investimento médio, per capita, feito por Cuiabá na saúde pública, em 2021, está acima da média das capitais brasileiras. O apontamento é feito pela 18ª edição do anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil. Segundo o levantamento, enquanto a média das capitais foi de R$ 1.048, por habitante, o valor empregado por Cuiabá foi de R$ 1.853.

O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), que analisou os 106 maiores municípios do Brasil, sendo dois de cada estado.

Ainda conforme ele, em um ranking geral, Cuiabá é a 15ª cidade que mais investe nesta área, com um montante total de R$ 1.155.823.332,28.Essa é a melhor colocação conquistada pela capital de Mato Grosso nos últimos três anos, já que em 2020 ficou em 16º e em 2019 estava em 20º. O levantamento destaca ainda que, em 2021, os municípios não contaram com o auxílio financeiro do Governo Federal na mesma proporção que em 2020, em que houve apoio para enfrentamento da pandemia da Covid-19.

“Esse é um estudo conceituado, que utiliza como fontes oficiais o Tesouro Nacional e o IBGE. E ele mostra que mesmo com menor aporte de recursos federais, conseguimos manter os investimentos na saúde. Vamos continuar com esse planejamento nos próximos anos, melhorando a vida dos cuiabanos”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

O anuário Multi Cidades está na 18ª edição e é um instrumento de transparência e de consulta que a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) oferece a governantes municipais, gestores, e à população. Além de um amplo compilado de informações, a publicação contém um conjunto de análises sobre os municípios e o federalismo fiscal brasileiro.

Esta edição traz uma avaliação cuidadosa sobre a evolução das principais receitas e despesas municipais até 2021, os fatos que mais marcaram as finanças públicas, inclusive em 2022, e as perspectivas para 2023. Ela incorpora os maiores municípios brasileiros, sendo ao menos dois de cada Estado, dos quais um é a capital, contemplando todas as unidades da federação. 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image