28 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

CIDADES Terça-feira, 08 de Novembro de 2022, 16:11 - A | A

Terça-feira, 08 de Novembro de 2022, 16h:11 - A | A

NOVA VISÃO

Juíza destaca evolução no atendimento Socioeducativo de Rondonópolis

Redação

A juíza Maria das Graças Gomes da Costa, da Vara de Infância e Juventude de Rondonópolis (213 km de Cuiabá), destacou a evolução dos serviços prestados pelo novo Centro de Atendimento Socioeducativo (Case), que completou, neste mês, um ano de atendimento a menores em conflito com a lei.

Nesta segunda-feira (07.11), a secretária adjunta de Justiça, Lenice Barbosa, se reuniu com a juíza, que é corregedora da unidade, e fez uma visita técnica ao novo Centro de Atendimento Socioeducativo do município, a fim de alinhar o atendimento aos menores que estão cumprindo medidas socioeducativas.

Durante a reunião, a magistrada, que está na comarca há 12 anos, elogiou a atual gestão, que vem investindo no Sistema Socioeducativo e tirou os menores de condições insalubres, oferecendo condições mais dignas, que estão previstas pelo Sistema Nacional de Socioeducação (Sinase).

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

“O socioeducativo realmente era deixado de lado quando eu cheguei aqui. A estrutura era ruim, precária, mas hoje temos uma estrutura muito boa, com uma equipe de socioeducadores comprometida e as necessidades dos nossos adolescentes estão sendo supridas” destacou a juíza.   

“Precisamos destacar, que não precisamos apenas de estrutura física para ser melhor. Com o governo Mauro Mendes, a vinda de mais servidores capacitados começou essa grande mudança. São investimentos em infraestrutura e tecnologia, como as câmeras que vão oferecer mais segurança aos servidores e aos adolescentes”, lembrou Lenice.

Durante o encontro, os representantes do Executivo e do Judiciário elencaram alguns dos projetos que serão implantados na unidade, como uma horta hidropônica e a criação de uma associação para a arrecadação de recursos advindos dos produtos produzidos pelos internos.

 

Após a reunião, a secretária-adjunta vistoriou a unidade socioeducativa e ouviu os servidores e adolescentes, para avaliar as demandas necessárias. Lenice vai destinar mais aparelhos de TV para as salas de aula e ar condicionado para a climatização do ambiente de trabalho dos servidores.

Ela também conheceu a sala de monitoramento, que terá mais de 60 câmeras distribuídas em diferentes pontos, se tornando a primeira unidade 100% monitorada em Mato Grosso. Este sistema também está sendo instalado em outros centros socioeducativos do estado.

O gestor da unidade, Carlos Heliabe de Almeida Lyra, apresentou um relatório com mais de 20 atividades desenvolvidas para os adolescentes desde a inauguração, por meio de parcerias. Dentre elas, 13 cursos nas áreas de mecânica de máquinas agrícolas e de moto, soldador, informática e barbearia, entre outros, além de oficinas e projetos.  

Carlos Heliabe está à frente da gestão da unidade há sete meses, após a nomeação de 72 agentes socioeducandos. Ele reconhece que o Estado vem cumprindo seu papel, oferecendo melhores condições tanto para os internos quanto para os servidores.

“Para chegar a este resultado, contamos com a sensibilização dos servidores e gestor comprometido, além da parceria com o Judiciário, Defensoria Pública e a sociedade. Os projetos são desenvolvidos sem custo para o estado e são mantidos por membros da sociedade. Isto é muito importante e está fazendo a grande diferença”, destacou Lenice. 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image