24 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

CIDADES Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2023, 10:38 - A | A

Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2023, 10h:38 - A | A

EM LUCAS DOS RIO VERDE

Medalhômetro do Esporte aponta conquista de 866 medalhas em 2023

As conquistas englobam 12 modalidades esportivas das escolinhas do Programa Viva Lucas

Redação

Além de promover a saúde através do incentivo à prática esportiva, estimular o desenvolvimento de habilidades, convivência em grupo e prevenção ao sedentarismo e obesidade, o esporte é espaço para a descoberta de novos atletas profissionais e medalhistas. E o Programa Viva Lucas, da Prefeitura de Lucas do Rio Verde, é uma oportunidade para que os atletas desenvolvam esses potenciais.

No levantamento da Secretaria de Esporte e Lazer, foram contabilizadas 866 medalhas conquistadas ao longo deste ano, pelas equipes que compõem as escolinhas do Programa Viva Lucas.

Ao todo, foram conquistadas 320 medalhas de ouro em competições regionais, estaduais, nacionais e até internacionais em 2023. Os atletas conquistaram também 248 medalhas de prata e 298 medalhas de bronze.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Em comparação ao ano anterior, o número de medalhas mais que dobrou. Para o secretário da pasta, Jackson Lopes, um reflexo de muitos investimentos, entre eles, o Bolsa Atleta, que atende 102 atletas luverdenses, com um valor mensal de até R$200,00.

“Em 2022, conquistamos 365 medalhas, e esse ano as conquistas foram ainda maiores. Acreditamos que é fruto dos investimentos feito pela gestão, junto ao empenho e dedicação dos professores e atletas. Um bom exemplo é o Bolsa Atleta, em 2022 não tínhamos, e neste ano já sentimos o reflexo com o aumento das conquistas”, acrescentou Jackson.

Os resultados foram obtidos nas modalidades coletivas, que incluem o futebol, voleibol, basquetebol, handebol e futsal. Além das disputas individuais de vôlei de praia, jiu-jitsu
BMX, tênis de mesa, karatê, atletismo e badminton.

Os atletas que representam Lucas do Rio Verde nas escolinhas participaram ao todo, de 87 competições, entre as modalidades individuais e coletivas. A faixa etária dos participantes vai dos 4 aos 17 anos.

Na avaliação da coordenadora das escolinhas esportivas, Jéssica Cristiani, os resultados são frutos de um trabalho coletivo que envolve professores, dirigente e demais profissionais da educação física, que atuam na Secretaria de Esporte e Lazer.

“Participar do esporte vai além da mera presença. Para nós, significa agregar um valor extra à experiência. Encorajamos nossos atletas a participarem de competições locais, regionais, nacionais e internacionais. Ter esse resultado no medalhômetro é um mérito significativo, evidenciando os frutos de um lindo trabalho deste ano”, avalia Jéssica.

A definição de novas matrículas e rematrículas para o retorno das escolinhas em 2024 está prevista para ser divulgada na primeira semana de janeiro.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image