14 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

CIDADES Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2023, 09:51 - A | A

Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2023, 09h:51 - A | A

RESIDENCIAL ILUMINADO

Prefeitura e Energisa entregam padrões no Alfredo de Castro 2

Redação

A prefeitura de Rondonópolis e a Energisa entregaram na tarde desta terça-feira (12) 200 padrões de energia para as casas do Residencial Alfredo de Castro 2. O montante atende as famílias que já estão morando no local. Com a entrega, as casas das famílias passa a contar com luz. Ao todo, deverão ser instalados 700 padrões no local.

O prefeito José Carlos do Pátio prestigiou a colocação do primeiro padrão, de forma simbólica no bairro, acompanhado do presidente da Câmara de Vereadores, Júnior Mendonça, do gerente da Energisa, Cristiano Tomaz, do vereador João Batista Soares, (Batista da Coder) e da secretária municipal de Habitação de Urbanismo, Huani Rodrigues.

Os padrões encerram o compromisso da administração da luz chegar às casas de quem um dia morou ali, debaixo de lonas. A rede de energia foi feita com recursos próprios do município, que iluminou as ruas com lâmpadas de led. Também proporcionou a entrega das redes de água e esgoto, no domingo. O pacote foi uma espécie de presente à comunidade, em referência ao aniversário da cidade, comemorado naquele bairro, no domingo (10).

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

O bairro também está sendo asfaltado e estão em construção uma escola com 12 salas de aula e uma creche para atender as crianças e jovens da região. Devido às famílias serem de baixa renda, na maioria chefiadas por mulheres, também houve distribuição do kit construção (composto dois milheiros de tijolos, telhas, ferros, areia e brita).

Durante a entrega dos padrões, o prefeito José Carlos do Pátio lembrou que com a finalização dos serviços básicos, a atual administração está fazendo distribuição de renda, entregando dignidade e dando cidadania aos mais humildes. “Essas famílias que agora estão aqui, viviam de aluguel e não tinham condições de fazer um financiamento. Não vamos ficar reféns do setor imobiliário. O que estamos fazendo aqui é distribuição de renda”, destacou.

Uma das beneficiadas, foi Vanessa Cristina, que mora no local com o marido e quatro filhos. Ela foi enfática em dizer que não conseguiria realizar o sonho da casa própria sozinha. “Esse era o sonho, meu e do meu marido, vivíamos de aluguel e com o que ganhamos não dava para ter nada do que temos agora. Sinto gratidão. Estou muito feliz”, afirmou.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image