28 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

CIDADES Terça-feira, 27 de Dezembro de 2022, 10:07 - A | A

Terça-feira, 27 de Dezembro de 2022, 10h:07 - A | A

BALANÇO

Secretaria Municipal da Mulher realizou mais de trinta mil atendimentos

Redação

Desde a criação da Secretaria Municipal da Mulher, em junho de 2020, a pasta tem desenvolvido projetos, campanhas e ações para a prevenção e o enfrentamento à violência contra a mulher, além de atuar na articulação com outros órgãos da administração e com a sociedade civil, visando promover a proteção na perspectiva de gênero e a incorporação nas demais políticas públicas.

De acordo com a secretária da mulher, Cely Almeida, o ano de 2022 foi de intenso trabalho, com a garantia de atendimento a mais de 30 mil mulheres.

Ela destaca que ensejo da primeira-dama, Marcia Pinheiro, era assegurar o cuidado com a saúde da mulher. Mediante a recomendação, no mês de outubro foi realizado o projeto “Espaço Mulher”, onde mais de quatro mil mulheres receberam atendimentos e realizaram exames ginecológicos, exames laboratoriais, mamografias dentre outros.]

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

“Além disso quero destacar todas as ações que foram realizadas por meio da secretaria, como palestras em bairros, rodas de conversa em escolas, clubes de mães, coletivo trans, panfletagem em bares, restaurantes, shoppings, aeroporto, rodoviária da capital, criação da cartilha contra o Assédio Sexual em repartições públicas, seminários e o evento que ofereceu cerca de 50 atendimentos “Mulheres em Ação”, relata.

Ela relembra ainda que durante os 21 dias de ativismo que foi realizado no último dia 20 de novembro, a secretaria percorreu mais de 20 bairros com ações de conscientização, prevenção e combate à violência contra a mulher. Além do Espaço de Acolhimento da Mulher, que funciona de segunda a segunda, 24 horas por dia e conta com uma equipe multidisciplinar e realizou mais de 700 atendimentos.

Para a primeira-dama, Marcia Pinheiro, é muito importante a vítima saber que não está sozinha, que tem um apoio e pode buscar ajuda para mudar sua realidade. Ela ainda ressalta que 2022 foi um ano de muito trabalho e comprometimento, principalmente nas áreas sócias.

“Hoje posso dizer que é a Secretaria Municipal da Mulher foi a realização de um sonho, pois acompanhamos as demandas de todas as cidades de Mato Grosso e os dados demonstram a necessidade de ofertarmos uma pasta que acolheria todas as mulheres”, afirma.

Segundo a secretária-adjunta, Elis Regina Prates, além de todo trabalho realizado por meio da pasta, um dos principais programas foi o Solidariedade em Ação, onde o projeto pioneiro e de iniciativa da primeira-dama, mantém suporte aos filhos de vítimas de femicídio e a partir de 2023 irão receber R$ 1.212 por criança.

“Essas crianças são entregues a tias, avós, ou alguma mulher que se disponha a criá-los, sem muitas vezes ter sequer os meios financeiros e que passam a conviver com esse nível de tragédia e graças a nossa gestão humanizada, essas crianças serão amparadas”, finaliza.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image