29 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

ECONOMIA Segunda-feira, 07 de Novembro de 2022, 15:18 - A | A

Segunda-feira, 07 de Novembro de 2022, 15h:18 - A | A

ECONOMIA

Encontro de Mulheres de Negócios reunirá 200 empreendedoras em Cuiabá

Redação

Cerca de 200 mulheres empreendedoras devem participar da 5ª edição do Encontro Mulheres de Negócios que ocorrerá no dia 12 de novembro, próximo sábado, das 14h às 20h, no auditório da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio-MT), em Cuiabá. A data faz alusão ao Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, celebrado no dia 19 de novembro.   

A idealizadora e organizadora do evento, Kátia Arruda, explica que são previstas várias atividades com a proposta de alavancar o trabalho das participantes e dar visibilidade ao seu produto ou serviço, tais como: palestras, talk show, rodada de negócios, momento networking, exposição de produtos, sorteios de brindes e por fim, um coquetel de confraternização.    

 “Nosso objetivo é oferecer um ambiente em que elas vão adquirir novos conhecimentos em diversas áreas importantes, como finanças, marketing digital, networking e empreendedorismo, além de ser uma vitrine para elas mesmas e seus produtos ou serviços. Essa sinergia é muito salutar entre as mulheres para que possam superar os desafios juntas e avançar”.   

Kátia, 55 anos, atua como palestrante e mentora de mulheres, mas nem sempre foi assim. A transição de carreira teve início há três anos de forma traumática, quando passou por uma demissão de um cargo no serviço público. Mesmo com mais de 30 anos de experiência e um currículo de peso – como administradora e Mestre em Gestão de Pessoas - ela não conseguiu recolocação no mercado.    

“Naquele momento foi um choque, nunca imaginei que ficaria desempregada, além disso, outras situações me desafiaram, entre elas, o meu sobrinho sofreu um acidente grave e ajudei a cuidar dele, e ainda contraí meningite bacteriana. Depois, em 2020, veio a pandemia. Parecia estar tudo dando errado, mas não desisti, ao contrário, voltei a estudar e vi no empreendedorismo uma saída”, destaca a organizadora.   

A oportunidade para colocar o sonho em prática e compartilhar os aprendizados finalmente deu certo em novembro do ano passado. Desde então, o Encontro Mulheres de Negócios já contou o engajamento de aproximadamente 250 empreendedoras mato-grossenses. Kátia explica que mesmo aquelas mais tímidas têm a oportunidade de falar durante a “rodada de negócios”, que é um “pitch de venda” dos produtos.   

Uma das participantes, Zila Biancardini do Prado Amaral, 65 anos, cuiabana, está no mercado de artesã desde que se aposentou como advogada há quatro anos. Apesar da declarada dificuldade em ter presença no mundo digital, ela conta que conseguiu fazer um perfil no Instagram onde compartilha e comercializa as suas peças: jogo americano, porta-chaves, porta-joias etc.   

“A minha rotina é trabalhar em casa mesmo, onde montei um ateliê e estou sempre produzindo algo novo, assim que finalizo eu compartilho nas redes. Sem dúvida é um desafio empreender, não é fácil, porque eu tenho dificuldade em vender no meio digital, mas é gratificante aprender coisas novas, e é um estímulo estar com outras mulheres, na minha idade a gente entende que um sonho que se sonha junto vira realidade, não me sinto mais sozinha e estou muito feliz nessa nova fase graças às oportunidades que o empreendedorismo me trouxe”, avalia.    

Na 5ª edição, as palestras de destaque são: Como o empreendedorismo muda vidas (Kátia Arruda); O segredo do networking (Bianca Plocki), Como vender 10 vezes mais com ferramentas que você possui – marketing digital (Tinara Fava), Não só trabalha pelo dinheiro, faça o dinheiro trabalhar para você – finanças (Jaqueline Chagas).   

Arquiteta, fotógrafa e jovem empreendedora   

Mariana de Oliveira Arruda, 26 anos, terminou a faculdade de Arquitetura em 2019, foi contratada pelo escritório onde estagiava, mas, acabou demitida cerca de um ano depois. Na época ela enviou currículos para outras empresas e não conseguiu emprego, o que a levou a empreender na área da fotografia.   

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

“A partir daí, o que era um hobby, um extra, tornou-se a minha nova paixão que uniu, desde então, fotografia e arquitetura”. A jovem especializou-se em fotografia e diz não se arrepender de abrir mão de um “salário fixo”, porque hoje tem mais qualidade de vida e uma rentabilidade crescente. “Sair da zona de conforto é difícil, mas vale muito a pena”.    

Advogada, escritora e modelo   

Cleonice Figueiredo, 38 anos, advogada, afirma que o primeiro grande passo no empreendedorismo veio após terminar a faculdade de Direito e começar a atuar como advogada, isso há quatro anos.  Aos poucos ela foi avançando, mas, para obter o sucesso que desejava, percebeu que precisaria saber outros conteúdos. Além disso, hoje também atua como escritora e modelo. “Para dar um passo nessa direção é necessário romper com o medo e estar em constante evolução”.    

Novembro, mês do empreendedorismo feminino   

Dia 19 de novembro é o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino. Atualmente, as mulheres empreendedoras já somam cerca de 30 milhões no Brasil, de acordo com a Global Entrepreneurship Monitor, o que representa 48,7% do mercado. Uma pesquisa realizada pelo Sebrae, entre 2014 e 2019, mostrou um aumento de 124% no número de mulheres que decidiram abrir seu próprio. Esse movimento cresce todos os anos com impactos positivos no mercado nacional e internacional, porém, apesar dos avanços, a atuação da mulher continua repleta de desafios e dificuldades. 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image