16 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

EDUCAÇÃO Terça-feira, 01 de Outubro de 2019, 13:53 - A | A

Terça-feira, 01 de Outubro de 2019, 13h:53 - A | A

REGIÃO OESTE

Seduc Vai à Escola fará um diagnóstico da rede estadual de ensino

Circuito MT

O Projeto “Seduc Vai à Escola” visitou os municípios dos polos de Pontes e Lacerda (a 448 km de Cuiabá), Cáceres (a 225 km de Cuiabá) e Tangará da Serra (a 239 km de Cuiabá) na última semana. Os técnicos da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) centraram as atenções nas equipes gestoras das unidades escolares, que trouxeram informações sobre a parte pedagógica e de infraestrutura.

 



 

Junto com a equipe da sede central da Seduc, participaram assessores pedagógicos e diretores dos Centro de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais de Educação Básica (Cefapro) dos municípios.  

Em Cáceres, mais de 100 profissionais da educação que tiveram a oportunidade de solicitar aos representantes da Seduc alguns esclarecimentos e orientações sobre dúvidas de questões administrativas e pedagógicas. A ação ocorreu na quarta-feira (25.09).

“Essa visita fortalece as ações de natureza pedagógica, administrativa e de gestão da Educação Básica do Estado de Mato Grosso”, destaca o diretor do Cefapro, Alessandro Arruda.

 



 

Segundo Hesloan Maia, da equipe da Seduc, o encontro foi produtivo, uma vez que a Seduc foi ouvir a base da escola. “Somente indo até a escola é possível percebê-la. Faremos um diagnóstico da rede, para elaborar um plano de intervenção para cada unidade escolar”, destaca.

O representante da Seduc lembra que sempre foram realizadas capacitações, mas dificilmente se vai a escola para ouvir a comunidade escolar. “Esse projeto acaba com a ideia de que a Seduc vai às unidades escolares só quando ocorre alguma irregularidade”, frisa.   

O diretor da Escola Estadual Demétrio Costa Pereira, Celestino Rodrigues Neto é um dos entusiastas do projeto. Em seu entendimento o “Seduc Vai à Escola” é uma iniciativa que vem ao encontro da categoria, das escolas, pois chega com propostas da Seduc. “Isso é bom, é uma iniciativa relevante, pois o projeto escuta as bases. É fundamental criar esse espaço de diálogo entre a Seduc e as escolas. Com esse corpo a corpo, olho a olho, vamos poder fazer nossas sugestões”, comemora.

 

.

FONTE: Governo do Estado

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image