24 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2022, 10:39 - A | A

Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2022, 10h:39 - A | A

CARACTERIZAÇÃO DE NASCENTES

Água para o Futuro capacita técnicos do MPTO em Cuiabá

Redação

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da equipe técnica do projeto Água Para o Futuro, promoveu o 9º Ciclo de Capacitação em Confirmação e Caracterização de Nascentes nos dias 5 e 6 de dezembro, em Cuiabá. O treinamento, que contou com um módulo teórico e outro prático para aplicação da metodologia executada pelo projeto, foi destinado a técnicos do Ministério Público de Tocantins (MPTO).

A capacitação foi solicitada pelo procurador de Justiça do MPTO José Maria da Silva Júnior que, juntamente com os técnicos do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do Meio Ambiente (Caoma) da instituição, busca a criação de ações que visam a proteção dos recursos hídricos do Tocantins. Segundo o engenheiro agrônomo Henrique Garcia dos Santos, assessor técnico do Caoma, a defesa dos recursos hídricos representa uma das principais demandas ambientais do MPTO, em especial quanto à captação irregular de água dos rios. Ele explicou que a degradação de nascentes ocorre com frequência nos municípios do estado, comprometendo todo o sistema hídrico.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

O procurador de Justiça Gerson Barbosa abriu a capacitação ressaltando a importância do apoio institucional para o sucesso da iniciativa. “O apoio de todos os procuradores-gerais de Justiça que passaram pelo MPMT foi fundamental para os resultados obtidos até o momento pelo projeto Água Para o Futuro. Uma questão óbvia é que sem água nada acontece, não há argumentos contra a defesa da água. O projeto Água Para o Futuro é um caso de sucesso que deve ser levado para o mundo”, ressaltou.

Para o coordenador técnico do projeto, o biólogo Abilio de Moraes, a capacitação representou um importante intercâmbio de informações, visto a grande experiência dos técnicos do Tocantins nos trabalhos relacionados à água. “Os técnicos do MPTO foram apresentados à metodologia executada pelo projeto e trouxeram grandes contribuições para a melhoria dos nossos trabalhos”, revelou.

De acordo com a equipe do MPTO, o próximo passo será realizar parcerias locais, montar uma equipe técnica e iniciar um trabalho piloto nas nascentes de Tocantins. A capacitação contou com todos os técnicos do projeto Água para o Futuro e o engenheiro ambiental Djayson Thiago da Costa Alves, técnico do Caoma.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image