14 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2023, 11:30 - A | A

Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2023, 11h:30 - A | A

APÓS DIVULGAÇÃO

Centro Oeste Popular não se intimidará com ameaças

Redação

Após a divulgação de reportagens que colocam em suspeita a conduta de um empresário de Comunicação, por conta do envolvimento com abuso sexual de menores de idade, a redação do Centro Oeste Popularrecebeu uma ligação de número privado com ameaças de morte exigindo a interrupção de novas reportagens.

O Centro Oeste Popular afirma que não abandonará o tema exigindo total esclarecimento das autoridades diante das graves suspeitas lançados em depoimentos a Polícia Civil por mães de crianças acostumadas a levar uma vida difícil financeiramente e, por isso, sempre amedrontada pelos poderosos de plantão que as cercam.

Naturalmente, funcionários do grupo Milas temem as ameaças. Porém, seguem firmes com seu propósito de informar às claras a verdade à população independente de exercer parcela de poder ou não em Mato Grosso.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Nossa equipe de reportagem já está nas ruas providenciando novas apurações com o compromisso de verdade que o jornalismo exige.

Vale lembrar que a liberdade de imprensa é direito constitucional, assegurado pela Constituição Federal e reiterado diversas vezes pelo Supremo Tribunal Federal (STF), guardião da Carta Magna.

As reportagens do Centro Oeste Popular continuarão sendo pautadas em fontes documentais e, quando necessário, em sigilo, o que é perfeitamente assegurado pelo nosso ordenamento jurídico.

A liberdade de imprensa constitui uma das bases de uma sociedade democrática. Porém, a velha prática de setores da política empresarial em recorrer a diversas tentativas de amordaçar a imprensa, incluindo ligações e mensagens anônimas, é um dos efeitos mais nocivos que a sociedade pode sofrer, justamente, por limitar seu acesso à informação e impedir que qualquer cobrança de conduta ilibada seja cobrada de seus manifestantes e daqueles que posam de paladino da moral e dos
bons costumes, quando, na verdade, às escondidas, agem de forma diversa nas sombras da escuridão.

O Centro Oeste Popular é um dos poucos veículos de comunicação que se investiga e aprofunda em comportamentos nocivos de autoridades e da classe política empresarial. Nossa redação será sempre agirá da forma mais clara possível para que a notícia seja acessível a todas as classes sociais e, assim, mesmo aquelas que não compreendem como funciona a movimentação de bastidores de políticos e empresários afetam a vida delas, tomarão conhecimento ao ilustrarmos os efeitos no seu dia a dia e na obstrução dos seus direitos. O Centro Oeste Popular, ao divulgar que um poderoso empresário da comunicação em Mato Grosso, suspeito de pedofilia numa região da qual ostenta ser dono de diversas terras, como de fato é, reitera o nosso compromisso com a população de jamais fechar os olhos para ações que prejudiquem grupos menores e, portanto, mais vulneráveis a qualquer tipo de conduta de poderosos desprovidos de caráter.

ERRATA

Na matéria da edição anterior com o título
“Centro-Oeste Popular” não se intimidará com
ameaças de Dorileo Leal.Viemos a público esclarecer
que foi equivocada a colocação! O empresário Dorileo
Leal jamais nos ameaçou! Recebemos uma ligação
anônima com o intuito de ameaçar a direção, bem como
o editorial deste semanário.
Viemos a Público fazer a correção e sinceros
votos de desculpas.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image