28 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Terça-feira, 20 de Dezembro de 2022, 15:06 - A | A

Terça-feira, 20 de Dezembro de 2022, 15h:06 - A | A

DEZEMBRO VERMELHO

Com fachada iluminada de vermelho, Crea-MT adere à campanha de prevenção ao HIV/Aids

Redação

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT) aderiu à campanha “Dezembro Vermelho”, de prevenção ao vírus HIV, Aids e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Por esse motivo, durante todo o mês, a fachada da autarquia permanecerá iluminada com a cor alusiva à data.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Presidente do Crea-MT, eng. civil Juares Samaniego
A campanha foi instituída no Brasil pela lei nº 13.504/2017 com o objetivo de chamar atenção para a prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos de pessoas infectadas com o Vírus da Imunodeficiência Humana (da sigla em inglês HIV).

Dados do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) no Brasil, apontam que, em 2021, cerca de 38 milhões de pessoas estavam vivendo com o HIV, desses: 36,7 milhões são pessoas com idade igual ou superior a 15 anos, outro 1,7 milhão são crianças e adolescentes com idade entre 0 e 14 anos. Além disso, mulheres e meninas representam 54% da estatística.

 

Conselheiros eng. florestal Cícero Ramos e eng. mecânica e de Segurança do Trabalho Priscila Bernardi Rockenbach juntamente com a gerente de Infraestrutura do Crea-MT, Adriana Imbriani
Para o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), eng. civil Juares Samaniego, é muito importante abraçar causas como a do Dezembro Vermelho, que tem como principal objetivo conscientizar. “O Crea-MT desenvolve campanhas dessa natureza todos os meses. Muitas surtem efeitos por serem propagadas não só entre os funcionários e profissionais do Sistema Confea/Crea e Mútua, mas também ao ser disseminada na sociedade civil organizada de modo geral”, afirmou Samaniego.

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT) aderiu à campanha “Dezembro Vermelho”, de prevenção ao vírus HIV, Aids e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Por esse motivo, durante todo o mês, a fachada da autarquia permanecerá iluminada com a cor alusiva à data.

A campanha foi instituída no Brasil pela lei nº 13.504/2017 com o objetivo de chamar atenção para a prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos de pessoas infectadas com o Vírus da Imunodeficiência Humana (da sigla em inglês HIV).

Dados do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) no Brasil, apontam que, em 2021, cerca de 38 milhões de pessoas estavam vivendo com o HIV, desses: 36,7 milhões são pessoas com idade igual ou superior a 15 anos, outro 1,7 milhão são crianças e adolescentes com idade entre 0 e 14 anos. Além disso, mulheres e meninas representam 54% da estatística.

Para o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), eng. civil Juares Samaniego, é muito importante abraçar causas como a do Dezembro Vermelho, que tem como principal objetivo conscientizar. “O Crea-MT desenvolve campanhas dessa natureza todos os meses. Muitas surtem efeitos por serem propagadas não só entre os funcionários e profissionais do Sistema Confea/Crea e Mútua, mas também ao ser disseminada na sociedade civil organizada de modo geral”, afirmou Samaniego.

De acordo com a gerente de Infraestrutura e Logística do Crea Mato Grosso, Adriana Imbriani, ao buscar os serviços do Crea-MT, de imediato, o engenheiro, agrônomo e profissionais das geociências irá se deparar com a ação de duas formas: ao entrar no órgão, e após as 18h, ao passar pela avenida e ver a fachada iluminada de vermelho. “Isso faz a diferença, propondo o repasse dessa conscientização”, salientou.

A coordenadora do Crea Mulher em Mato Grosso, eng. mecânica e de Segurança do Trabalho Priscila Bernardi Rockenbach, e o coordenador da Câmara de Engenharia Florestal, conselheiro eng. florestal Cícero Ramos também abraçaram a causa
De acordo com a gerente de Infraestrutura e Logística do Crea Mato Grosso, Adriana Imbriani, ao buscar os serviços do Crea-MT, de imediato, o engenheiro, agrônomo e profissionais das geociências irá se deparar com a ação de duas formas: ao entrar no órgão, e após as 18h, ao passar pela avenida e ver a fachada iluminada de vermelho. “Isso faz a diferença, propondo o repasse dessa conscientização”, salientou.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image