21 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Quinta-feira, 10 de Outubro de 2019, 13:27 - A | A

Quinta-feira, 10 de Outubro de 2019, 13h:27 - A | A

CPI ENERGISA

Com suspeitas de sonegação comissão vai ser instalada, nesta sexta

Gazeta Digital

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM) confirmou na manhã desta quinta-feira (10) que vai instalar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possíveis irregularidades na empresa concessionária de energia elétrica, a Energisa S/A, amanhã “Já temos o parecer da Procuradoria da Assembleia favorável e vou instalar a comissão, nesta sexta-feira”, afirmou Botelho. Segundo o presidente do parlamento estadual, há suspeitas de sonegação de impostos por parte da concessionária. “É algo grande, são cerca de R$ 800 milhões. Tem coisas aí por trás que a CPI vai investigar e descobrir tudo o que tem. São fatos que já estão na justiça, o Estado já acionou a empresa para receber este valor”, ressaltou Eduardo Botelho.

 

Além disso, segundo o deputado, há uma falta de atenção com os da concessionária em relação aos clientes de Mato Grosso. “A empresa está estourando todos os índices de reclamação no Procon. Eles têm que explicar porque uma tarifa tão alta e o total descaso com o consumidor em Mato Grosso. Ninguém consegue acesso, não consegue ser atendido pessoalmente por alguém. É muito complicada a relação do cliente com a empresa”, constatou Botelho.

 

O requerimento para a instalação da comissão parlamentar de inquérito foi apresentado pelo deputado estadual Elizeu Nascimento (DC), nesta terça-feira (8) tem 18 assinaturas. A comissão parlamentar vai ouvir a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Governo do Estado, as associações de consumidores, os técnicos. 

 

A má qualidade da prestação de serviço da Energisa começa a ser discutida na audiência pública, desta terça-feira, na Assembleia Legislativa. 

 

 

 

 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image