13 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Terça-feira, 08 de Outubro de 2019, 16:16 - A | A

Terça-feira, 08 de Outubro de 2019, 16h:16 - A | A

SORRISO

Ex-BBB que disputou cargo de deputado por MT é acusado de jogar carro e cuspir em motociclista

Olhar Diretoso

O ex-BBB e candidato a deputado federal, Marcos Harter, é acusado de jogar o seu carro contra uma motociclista, identificada apenas como G.P.A., xingá-la e ainda cuspir em seu rosto. O caso foi registrado na última segunda-feira (07), na cidade de Sorriso (420 quilômetros de Cuiabá). A reportagem não conseguiu contato com a defesa do cirurgião plástico.

Leia mais:
CRM apura conduta de ex-BBB que publicou foto comendo em centro cirúrgico
 
Segundo as informações da Polícia Civil, a mulher disse que estava em via pública, se dirigindo de motocicleta para buscar o marido no trabalho, quando na avenida Natalino Brescancin se deparou com um veículo parado no meio da via pública, sem sinalização, e que por pouco não causou acidente.
 
Sendo assim, a mulher teria desviado do veículo e seguido seu trajeto. Ainda conforme o relato dela, Marcos Harter a seguiu e quando ela chegou ao trabalho do marido, o motorista do veículo jogou o carro sobre a moto, com intenção de a derrubar, sem êxito.
 
Ainda segundo a comunicante, o ex-BBB teria cuspido em seu rosto e disse palavras de baixo calão. O boletim de ocorrências foi registrado com natureza de difamação.
 
Outro lado

Olhar Direto entrou em contato no escritório de advocacia Vainer & Villela Advogados, onde trabalha o Dr. Luiz Fernando Villela Nogueira, que patrocina a defesa de Marcos Hartes. Porém, foi informado que ele não estava no momento. A reportagem deixou números de contato com a secretária, mas até o momento não houve retorno com o outro lado.

A reportagem também tentou entrar em contato no celular do advogado, mas as duas ligações não foram atendidas. O espaço para manifestação da defesa do ex-BBB segue aberto. 

Harter ficou conhecido após participar dos reallity shows Big Brother Brasil, da TV Globo e A Fazenda, da TV Record. No primeiro reality, ele foi eliminado sob a justificativa de indícios de agressão a uma participante. Ano passado ele conquistou mais de 16 mil votos, mas não conseguiu se eleger deputado federal.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image