19 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Terça-feira, 19 de Novembro de 2019, 13:15 - A | A

Terça-feira, 19 de Novembro de 2019, 13h:15 - A | A

BRUTAL

Mulher confessa ter matado homem a pauladas em Porto dos Gaúchos

Circuito MT

Um homem foi encontrado morto em um terreno baldio nesta segunda-feira (18), no município de Porto dos Gaúchos (663 km de Cuiabá-MT). O corpo apresentava diversos sinais de violência. Uma mulher foi ouvida e confessou o assassinato, mas acabou sendo liberada por não haver situação de flagrante.

 

De acordo com o delegado Albertino Feliz de Brito Junior, responsável pelas investigações, a polícia foi informada na tarde de ontem de que um corpo estaria em um local abandonado, na Avenida Mato Grosso. Os investigadores foram até a residência e encontraram uma mulher, identificada como Noêmia Martins da Silva, 48 anos.

Segundo a polícia, ela confessou o crime imediatamente e disse que matou a vítima com pauladas na cabeça. A suspeita apontou um local, nos fundos do imóvel, onde o cadáver foi jogado. O corpo do homem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Juína (720 km da Capital), onde passará por exames de necropsia.

A vítima trabalhava em uma fazenda da cidade e foi reconhecida por colegas. No entanto, apenas o laudo vai confirmar a identificação do homem.  

 

Devido ao estado de decomposição do cadáver, a suspeita é que a vítima tenha sido assassinada um ou dois dias antes de ser encontrada.

Conforme as investigações, o homem e a suspeita, que trabalha como garota de programa, estariam embriagados no momento do crime e tiveram um desentendimento, supostamente em razão de um desacordo na negociação de um programa.

Noêmia e outros quatro homens, que teriam presenciado o fato, foram detidos e levados para a delegacia, onde prestaram esclarecimentos. Na unidade policial, a mulher confirmou que matou a vítima sozinha porque havia sido agredida fisicamente.

No entanto, mesmo assumindo a autoria do assassinato, ela foi liberada logo em seguida por não configurar cenário de flagrante. Segundo o delegado, a mulher é a única suspeita do crime.

O caso segue sendo investigado.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image