15 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2023, 15:09 - A | A

Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2023, 15h:09 - A | A

APRENDIZAGEM RURAL

Programa Semeia encerra com Feira de Exposição de trabalhos feitos com produtos do Agro

Redação

Alunos do 1° ao 6° ano    das Escolas municipais Jardim das Flores e Dom Hélder Câmara expuseram   seus trabalhos, em Feira de encerramento  por meio de produtos do Agro,   executados em atividades teóricas e práticas aplicadas durante  o 1° e 2° ciclo do  piloto  do Programa Semeia no município de Peixoto de Azevedo.

A ação é realizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural   de Mato Grosso (Senar-MT), em parceria com o Sindicato Rural de   Matupá e da Fazenda São José, do grupo Bom Futuro. Durante o evento os estudantes mostraram    seus trabalhos através de produtos do agronegócio relativos as etapas Sistema produtivo da bovinocultura de corte e da cadeia de hortaliças.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Além da consolidação do resultado do Semeia foi exposto o resgate sobre a vivência dos estudantes durante a realização dos dois ciclos do Programa, ou seja, teórica e prática, conduzida pelo professor responsável e o desenvolvimento de uma atividade sobre o tema, seguindo sugestões do Senar-MT e de livre criatividade do professor.

A   coordenadora de Projetos e Programas Especiais do Senar-MT,  Nadja  Brito da Paixão explicou  que a  ação  propõe  diagnosticar conhecimento dos alunos em relação ao universo das atividades do meio rural, através da característica e importância do campo, dessa forma  despertar o interesse em crianças e jovens em aprender sobre a vida no Agro: “  Mostramos como os produtos do campo      estão inseridos na  vida cotidiana. A ideia é promover a interação e   sensibilização dos alunos no  processamento do aprendizado e conexão dos assuntos tratados nas etapas teórica e prática”, disse Nadja.

 

Para o gestor do Programa, Edson Fabrício de Resende, o  Semeia  visa   despertar o interesse de  adolescentes sobre a importância do Agronegócio, evidenciando o real valor do trabalho  do agro  e como são produzidos os alimentos:  “ Assim construir o conhecimento, orientando os jovens sobre a relevância do agronegócio do campo a mesa, diagnosticando o conhecimento dos alunos em relação ao universo das atividades do meio rural,   característica e relevância  desse meio, mostrando  como os produtos do campo   estão inseridos no dia a dia , promovendo a sensibilização deles no processamento do aprendizado e conexão dos assuntos tratados nas etapas teórica e prática”, disse Edson.

Já o gerente sindical e mobilizador de Matupá   Alex Sandro Silvério, é de grande relevância o Programa: “Uma forma de incentivar esses jovens com relação ao mercado de trabalho, inclusive no campo, dessa forma eles poderão escolher suas profissões ,  tendo como referência o agronegócio”, Alex Sandro Silvério.

Para a secretaria de Educação de Peixoto de Azevedo, Sulamita Ortega Bianch, no primeiro momento estiveram em sala de aula. “E no segundo no campo, sentindo todo processo da preparação do solo, plantio das sementes e a retirada das hortaliças.  Ou seja, um momento importante, onde mostramos da onde vem os alimentos e conhecer o valor   que o  Agro tem, desde cedo. Essa é uma experiência única para a idade das nossas crianças”,   disse Sulamita.

Atividade teórica e prática- O Programa foi aplicado   com alunos do 1° ao 6° ano   dessas instituições de ensino envolvidas    mostrando a importância do Agro.  Na teórica foram trabalhadas estratégicas educacionais relacionadas ao domínio cognitivo e efetivo, com exposição dinamizada; vídeos lúdicos das temáticas, atividades pedagógicas de acordo com a fase escolar, por meio do tema: “Agronegócio”.  Já na prática foram desenvolvidas atividades educacionais no campo ligadas ao domínio psicomotor, através de visita técnica   e oficina temática   de horticultura, expondo   o preparo do solo, plantio, colheita, manutenção, armazenamento, transporte e   degustação e avaliação   de hortaliças.

Também foram aplicadas oficinas de produção de hambúrguer colorido.   Na oportunidade os alunos receberam orientação desde a criação, manejo dos animais até a produção do hambúrguer, dosagem de condimentos, temperos, técnicas de massagear, embutir, colorir e como acondicionar o produto que foram avaliados pelos estudantes no final dos dois ciclos.

Meta- A ideia é fixar as informações relacionadas a importância do Agro consolidado, juntamente com o conhecimento aprendido na etapa teórica do programa. A ideia é vivenciar  a experiência na prática, desenvolvendo um produto do de propriedade rural, visando despertar o interesse em jovens e crianças o aprendizado sobre a vida no campo, promovendo a interação e sensibilização dos alunos no processamento do aprendizado e conexão dos assuntos tratados entre as etapas.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image