17 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

GERAL Quarta-feira, 06 de Novembro de 2019, 15:36 - A | A

Quarta-feira, 06 de Novembro de 2019, 15h:36 - A | A

ÁREA INVADIDA

Sob escolta, grupo de 379 famílias desocupa casas no Jonas Pinheiro III

Hiper Noticia

Um grupo de 379 famílias está desocupando as casas em que residem, no residencial Jonas Pinheiro III, em Cuiabá, desde o início da manhã desta quarta-feira (06). A ação de saída se dá em virtude de uma ordem de reintegração de posse, emitida pela Justiça no dia dois deste mês.

 

Todo o processo é executado por agentes da segurança pública, como a Polícia Militar, que se faz presente no local desde a madrugada. Emitida há cinco dias, a ordem fez com que os moradores do local se organizassem anteriormente para a ação.

 
 

“Até o momento, não foi observado nenhum episódio negativo. As pessoas estão cooperativas no sentido de fazer cumprir a ordem judicial”, afirmou o coronel do 3º Batalhão da Polícia Militar, Fernando Augustinho.

A cooperação destacada pelo agente da segurança pública, contudo, é um dos reflexos da insegurança das centenas de famílias obrigadas a saírem de seus lares. Como mostra um vídeo produzido pelo portal Gazeta Digital, os moradores do residencial não sabem para aonde ir.

“Ninguém me falou nada até agora não. Só me falaram que meu nome estava na lista dos que foram contemplados com o aluguel social, mas até agora ninguém veio me dar uma posição de nada, para aonde eu vou ou o que eu vou fazer. Eu não tenho família aqui, sou só eu e as crianças”, contou, emocionada, uma das moradoras que é mãe de cinco crianças.

O aluguel social do qual a moradora se refere é uma ordem da 2° Vara Cível do Poder Judiciário de Mato Grosso, que determina que as 20 famílias em maior situação de vulnerabilidade social seriam realocadas pela Prefeitura de Cuiabá.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image