13 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLICIA Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019, 13:07 - A | A

Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019, 13h:07 - A | A

DERF INVESTIGA

Criminosos invadem casa, rendem esposa de vereador e roubam R$ 7 mil em VG

Circuito MT

O vereador por Várzea Grande Gidenor Anselmo de Menezes (PTC), o Gordo do Goiano, teve a sua residência invadida por criminosos na madrugada desta sexta-feira (18), na região metropolitana de Cuiabá-MT. Na ação, a esposa do parlamentar foi rendida pelo grupo, que fugiu levando objetos pessoais, R$ 7 mil em dinheiro e talões de cheque.

 

 

Dois suspeitos foram presos. Eles foram identificados como João Gabriel Pereira Barros de Jesus, 20 anos, Keven Gabriel de Paula Martins de Oliveira, 19 anos. Um adolescente de 17 anos também foi apreendido na ação.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, uma guarnição da Polícia Militar, em rondas pelo bairro Jardim Glória, localizou dois João Gabriel e o menor em uma picape estacionada em uma área deserta da região.

A dupla foi abordada e confessou que estava dando apoio a um roubo em uma residência e que aguardavam pelos comparsas.

 



 

Os militares foram até a casa invadida, mas constataram que os suspeitos já haviam deixado o local. Os bandidos fugiram com celulares, relógios, além de dinheiro e talões de cheque. Um dos assaltantes foi reconhecido como ex-funcionário do mercado da família do vereador.

Questionado pelos policiais, o menor acabou confessando que o bando iria se reunir na sua residência, no bairro Nova Fronteira, para dividir os materiais roubados no crime.

Os agentes se deslocaram até a região e acabaram encontrando mais um acusado de envolvimento na ação. Keven Gabriel foi encontrado com apenas R$ 2 mil em espécie e disse que o restante do dinheiro já tinha sido repartido com um quarto suspeito, morador do bairro Jardim Eldorado.

O trio foi conduzido pela polícia até a Central de Flagrantes, onde o caso foi registrado.

João Gabriel e Keven foram autuados por corrupção de menores, roubo e formação de quadrilha. Já o adolescente responderá por ato infracional referente aos mesmos delitos.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), investiga o caso.

 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image