28 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLICIA Sexta-feira, 23 de Dezembro de 2022, 14:51 - A | A

Sexta-feira, 23 de Dezembro de 2022, 14h:51 - A | A

POLÍCIA CIVIL

Empresária envolvida em esquema de transporte de 175 kg de cocaína tem prisão cumprida em Tapurah

Redação

Uma empresária envolvida no planejamento, organização e apoio no transporte de 175 quilos de cloridrato de cocaína, teve o mandado de prisão preventiva cumprido pela Polícia Civil, na quinta-feira (23.12), em ação realizada pela Delegacia de Tapurah (433 km a Médio-Norte de Cuiabá). A grande quantidade de entorpecente foi apreendida no dia 06 de dezembro no município de Jangada, em uma ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar.

Segundo as investigações da Delegacia de Tapurah, conduzidas pelo delegado Guilherme Pompeo, a empresária foi responsável por toda logística relacionada a droga, tendo alugado uma caminhonete para carregamento e transporte da droga e também cedido um funcionário para conduzir o veículo que buscou o entorpecente com outro integrante da organização criminosa.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Durante o percurso, os responsáveis por buscar a droga tiveram um problema mecânico com a caminhonete, ocasião que a empresária foi ao encontro deles na rodovia, e emprestou o próprio carro dela, um Hyundai I30, para que eles seguissem viagem.

Quando a empresária foi abordada pela Polícia Civil em posse da caminhonete Amarok, eles já haviam baldeado a droga para o outro carro. Com as informações coletadas sobre o Hyundai I30, a equipe da Delegacia de Tapurah repassou os dados do veículo à PM, que conseguiu interceptar o carro carregado com a droga na BR-163, na altura do município de Jangada.

Como a empresária não estava com nenhum material ilícito no momento da abordagem não foi possível realizar a sua prisão em flagrante na data dos fatos, porém com base nos elementos apurados durante as investigações, o delegado Guilherme Pompeu representou pela prisão preventiva da suspeita que foi deferida pela Justiça e cumprida na quinta-feira (22) pelos policiais da Delegacia de Tapurah.

“Nas investigações, ficou claro que ela foi a responsável por planejar todo esquema de logística da droga, sendo pedido pela prisão preventiva da suspeita por ter se associado à organização criminosa e pelo remetimento da grande quantidade de drogas”, explicou o delegado.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image