13 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLICIA Sexta-feira, 04 de Outubro de 2019, 13:25 - A | A

Sexta-feira, 04 de Outubro de 2019, 13h:25 - A | A

BALA, DOCE E MD

Paparazzo "caiu" após vídeo em festa no Manso

Folha max

A prisão do “fotógrafo das baladas”, conhecido Jack Paparazzo ou Jack Juína, foi desencadeada após a publicação de um vídeo em sua própria rede social Instagram. Nas imagens, ele registra uma festa "rave" com diversas pessoas e diz os tipos de drogas que tinha para serem vendidas. 

Reginaldo da Silva foi preso em flagrante pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE). No apartamento de Jack foram encontradas drogas sintéticas, cocaína e materiais usados para "batizar" o entorpecente.

Haviam éter, cola de material de construção e corantes para fazer o chamado "loló". Na postagem no Instagram, que originou o inquérito, Jack filma os participantes da festa de aniversário de um empresário, na região da lago de Manso.

As imagens mostram diversos veículos aquáticos, como iates e lanchas. Durante a gravação, uma cliente pergunta "o que ele tem", numa referência aos tipos de drogas disponíveis.

Em seguida, Paparazzo responde “só tenho bala, doce e MD”. A cliente então escolhe a droga MD. 

A droga MD é um cristal alucinógeno sintetizado que os químicos chamam de metilenodioximetanfetamina. Ao FOLHAMAX, o delegado Vitor Hugo Teixeira, da DRE, informou que foi realizada busca e apreensão no apartamento e dada voz de prisão em flagrante com a localização das drogas. O mandado de busca foi expedido pela juiza Renata do Carmo Evaristo. 

“Nós encontramos materiais para o preparo da droga conhecida como loló. Por essa razão todo o material ilícito foi apreendido e o suspeito encaminhando a delegacia onde será autuado em flagrante delito por tráfico de drogas. Em razão da gravidade dos fatos vou representar  a prisão em flagrante para que seja convertida a prisão preventiva”, explicou o delegado.

O delegado ainda confirmou que as investigações iniciaram após as imagens na festa no Manso "viralizarem". “Circulou este vídeo do Lago Manso nos grupos de WhatsApp de policiais, durante uma festa. Determinei que fosse feita a investigação específica. Confirmamos que ele era voltado para a prática do tráfico de drogas”, disse o delegado Vitor Hugo Bruzolato, titular da DRE.

Jack Paparazzo passará por audiência de custódia, no Fórum de Cuiabá, na tarde desta sexta-feira (4).

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image