26 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLICIA Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2022, 09:06 - A | A

Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2022, 09h:06 - A | A

PROGRAMA APOIO

Polícia Militar recebe Prêmio Juíza Glauciane Chaves de Melo do TJMT na categoria Instituição Pública

Redação

A Polícia Militar de Mato Grosso, recebeu, na tarde desta quarta-feira (07.12), o prêmio da 1ª edição do Prêmio Juíza Glauciane Chaves de Melo do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT). A PMMT venceu na categoria Instituição Pública com o Programa Interno de Atenção à Violência Contra as Mulheres (Apoio).

A comandante-geral adjunta da Polícia Militar, a coronel PM Francyanne Siqueira Chaves, destacou a importância da implementação do Programa Apoio no combate a violência doméstica.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

"A PM estudou e elaborou esse projeto para poder implementar, que é voltado especificadamente para o nosso público interno. A instituição, que trabalha contra essa prática, tem que atuar também na parte interna para buscar entender o que é a violência, qual a origem e claro, dar apoio às vítimas".

O projeto foi desenvolvido pela tenente-coronel Emirella Martins, coordenadora da Polícia Comunitária e Direitos Humanos da PMMT (CPCDH). Ela explica que o nome do programa foi definido em razão dos objetivos específicos do projeto: Acolher, Prevenir, Oportunizar, Implementar e Orientar. "Receber o Prêmio Juíza Glauciane Chaves de Melo nos dá a convicção de que estamos no caminho certo para a mudança social que desejamos. É o reconhecimento institucional de um órgão referência no combate à violência contra as mulheres, como o TJMT", acrescentou. 

"Esse é um trabalho árduo, que sempre colhemos frutos. Nos preocupamos muito com a escalada crescente da violência contra às mulheres e, dentro desse cenário devastador, nós decidimos deflagrar várias campanhas com órgãos públicos e sociedade civil e tivemos um sucesso muito grande com essa campanha. Ainda há muito para ser trabalhado e resolvido", afirmou a presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), desembargadora Maria Helena Póvoas.

Além da coronel Francyanne e a tenente-coronel Emirella, foram agraciados, também, o coronel Alvarenga, tenente-coronel Luiz Mário e a sargento Miriã.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image