27 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLICIA Sexta-feira, 16 de Dezembro de 2022, 15:26 - A | A

Sexta-feira, 16 de Dezembro de 2022, 15h:26 - A | A

FLAGRANTE

Polícia prende homem por estupro de vulnerável em Lucas do Rio Verde

Redação

Um jovem acusado de estupro em Lucas do Rio Verde (354 km ao norte de Cuiabá), foi preso em flagrante pela Polícia Civil, por meio do Núcleo de Atendimento à Criança e Adolescente, da Delegacia de Polícia, nesta sexta-feira (16.12).

O suspeito de 21 anos foi autuado por estupro de vulnerável contra uma menor de 13 anos.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

A ação para prisão foi realizada pelo Núcleo de Atendimento à Criança e Adolescente, com apoio da equipe plantonista da Delegacia de Lucas do Rio Verde, após o pai da adolescente procurar a Polícia Civil para registrar o crime, ocorrido na madrugada de sexta-feira (16).

O comunicante informou que chegou em casa depois do trabalho, e se deparou com um rastro de bicicleta recente em frente da sua residência. Ao perguntar para a filha o que havia acontecido, a menina contou que o homem entrou na casa, a levou para o quarto e praticou o ato sexual.

Com base nas informações, a vítima foi acolhida na delegacia, atendida pela psicóloga e ouvida em depoimento especial, bem como foi encaminhada para realização de exames para constatação da violência sexual.

Em seguida os policiais civis realizaram diligências e localizaram o suspeito, que foi levado para Delegacia de Polícia, onde foi interrogado pela delegada Ana Carolinne Mortoza Lacerda Terra. Na ocasião ele confirmou o ato de conjunção carnal, alegando que aconteceu com o consentimento da menor.

Conforme a delegada Ana Carolinne Mortoza Lacerda Terra, diante das evidências expressadas pelo registro da ocorrência policial, além dos demais elementos coletados, o conduzido foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável.

“Considerando a literalidade do artigo 217-A do CPB (Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos), bem como o disposto na Súmula 593 do STJ (O crime de estupro de vulnerável se configura com a conjunção carnal ou prática de ato libidinoso com menor de 14 anos, sendo irrelevante eventual consentimento da vítima para a prática do ato, sua experiência sexual anterior ou existência de relacionamento amoroso com o agente)”, destacou ela.

Após a confecção dos autos, o preso foi apresentado e colocado à disposição da Justiça.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image