25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍTICA Terça-feira, 08 de Novembro de 2022, 08:35 - A | A

Terça-feira, 08 de Novembro de 2022, 08h:35 - A | A

ELEIÇÕES 2024

Direita pode disputar Prefeitura de Cuiabá com Abílio e Ritela

Pela esquerda, Emanuel pode lançar Stopa e Lúdio Cabral surgir como opção petista

ENOCK CAVVALCANTI/Especial para o COP

Acaba uma eleição e os partidos e políticos já começam a pensar na próxima. Em Cuiabá, Mato Grosso, não é diferente e a sucessão do prefeito Emanuel Pinheiro já está sendo debatida entre as principais correntes políticas da capital. Quem se prepara para disputar o comando do Palácio Alencastro com muita gana são as forças de direita. São dois os candidatos da direita que já começam as articulações visando o enfrentamento daquele candidato a ser lançado pelo prefeito, Emanoel Pinheiro (MDB). Pelo PL, o nome que já desponta é o do deputado federal eleito Abílio Brunini (PL), que perdeu a prefeitura para Emanuel em 2018 e está querendo tentar uma revanche.

O novo partido que está surgindo, o Mais Brasil, junção do Patriota com o PTB pode aparecer na disputa, daqui a dois anos, com as candidaturas do pastor Marcos Ritela (prefeito) e Kassio Coelho (vice).

MAIS BRASIL

O vereador cuiabano Kassio Coelho, que disputou o senado e teve 4,08% votos já iniciou conversações com Ritela para firmar a parceria política e eleitoral para 2018. A decisão de fusão com o Patriota foi adotada pelo diretório nacional do PTB no dia 26 de outubro e foi aprovada pela unanimidade de seus membros. O novo partido vai se chamar Mais Brasil, com perfil de direita, e surgir com força em Cuiabá, já que a votação alcançada por Marcos Ritela na disputa pelo Governo do Estado, mesmo com uma candidatura definida no apagar das luzes da campanha, o transformou em uma das surpresas eleitorais de 2022, no Estado. Ele alcançou 233.54 votos, com sua campanha alinhada com as pregações sobre Deus, Pátria e Família, do presidente Jair Bolsonaro.

Quanto a Abílio Brunini, as previsões são de que, conseguindo firmar uma atuação de destaque na bancada do seu partido na Câmara Federal, depois de ter conquistado 87.072 votos na eleição deste ano, ele que chegou a superar a votação de Emanuel Pinheiro no primeiro turno em 2018, pode ser uma pedra de tropeço para a continuidade do projeto do grupo político que reúne MDB, PV e PSDB na capital. Além de expressar com muita energia a ideologia da extrema direita bolsonarista, Abílio tem a seu favor o apoio expressivo que conseguiu alcançar dentro dos diversos grupos evangélicos mato-grossenses.

Para esse setor, ele sempre se apresentada como o neto mais querido do Pastor Sebastiao, líder do Grande Templo, em Cuiabá, uma personalidade de forte influência não só entre os crentes, mas também dentro de toda sociedade. Lembrar que, no passado, o pastor Sebastião chegou a atuar como um dos pilares de sustentação da administração do então prefeito Wilson Santos, filiado à época no PSDB.

EMANUEL E LÚDIO

As especulações em torno das candidaturas de Abílio e Ritela só mostram que a disputa pelo comando do Paiaguás será renhida. Uma grande expetativa cerca a definição do nome do candidato a ser abençoado por Emanuel Pinheiro. O nome mais cotado é o vice-prefeito José Roberto Stoppa (PV). Mas há quem fale em uma possível candidatura do deputado eleito Juca do Guaraná e também na formação de uma dobradinha do grupo de Emanuel com o deputado estadual reeleito Lúdio Cabral (PT).

Emanuel deve ao partido de Lula um agradecimento pelo reforço dado a sua candidatura no segundo turno contra Abílio, em 2018. Além disso, uma chapa apoiada pelo presidente eleito pode ser a melhor fórmula para o enfrentamento da chapa apoiada por Bolsonaro e por todos aqueles que lutam para preservar os espaços da esquerda política no Brasil e também em Mato Grosso.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image