24 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍTICA Quarta-feira, 06 de Dezembro de 2023, 15:49 - A | A

Quarta-feira, 06 de Dezembro de 2023, 15h:49 - A | A

"SEM FINS LUCRATIVOS"

Saad quer reconhecer sindicato dos trabalhadores da limpeza como utilidade pública

Redação

O vereador Ricardo Saad (PSDB) propôs o projeto de lei n. 300/2023 para declarar a utilidade pública municipal do Sindicato dos Trabalhadores da Limpeza Urbana, Limpeza Pública, Áreas Verdes e Ambiental do Estado de Mato Grosso (Sindilimp/MT).

A categoria profissional do sindicato é a dos trabalhadores e trabalhadoras que exercem as suas funções, nas empresas coletoras de lixo domiciliar, urbana e rural. Inclusive, os acondicionados em lixeiras domiciliares ou em containers, nas vias e logradouros públicos, nas empresas de coleta seletiva de lixo, dentre outras atividades de limpeza.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Também integra o sindicato os operadores de mini carregadeiras, pás carregadeira, tratores e demais maquinários utilizados nos serviços de limpeza urbana, na limpeza pública. Ainda fazem parte os trabalhadores nas empresas de limpa fossa, de dedetização, de sanitização de ambientes, de desentupidoras, de controles de pragas, de limpeza e higienização de caixas dágua, lagos, piscinas, trabalhadores nas empresas de bota fora (remoção e coleta de entulhos).

“Trata-se de uma entidade sem fins lucrativos de grande relevância e se for considerada de utilidade pública e se for declarada a sua utilidade pública, estará apta para firmar parcerias com o poder público e receber recursos”, finalizou Saad.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image