25 de Maio de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

POLÍTICA Terça-feira, 01 de Novembro de 2022, 16:15 - A | A

Terça-feira, 01 de Novembro de 2022, 16h:15 - A | A

POLÍTICAS PÚBLICAS

Thiago Silva propõe a criação da Secretaria Estadual da Mulher em MT

Redação

O presidente da Comissão de Direitos Humanos, Defesa dos Direitos da Mulher, Cidadania e Amparo à Criança, Adolescente e Idoso da Assembleia Legislativa, deputado Thiago Silva (MDB), propôs em sessão plenária, a criação de uma Secretaria Estadual da Mulher – em Mato Grosso – por meio da indicação de nº 6.222/2022, para garantir a gestão de políticas públicas voltadas às vítimas de violência doméstica.

Ele avalia que no instante que Mato Grosso já fez parte do ranking dos estados brasileiros que mais apresentam casos de feminicídios no país, em 2021, e ainda mantém uma estatística preocupante com índices de violência doméstica contra a mulher, se faz preciso ampliar a atenção quanto à proteção aos direitos deste grupo específico.

“Essa é uma proposta que vai garantir a proteção das vítimas com a aplicação de medidas para recuperação dos direitos que foram violados. Infelizmente, nos últimos anos, houve um aumento de ocorrências por agressões sofridas pelas mulheres. Sem contar aquelas que não têm a coragem de registrar a violência doméstica familiar ou física. Precisamos intensificar, ampliar e aplicar políticas públicas para dar o apoio necessário já que estão vulneráveis, zelar por suas vidas e os agressores serem punidos por seus atos”, posicionou o parlamentar.

Secretaria

Thiago Silva espera concretizar essa demanda junto da gestão pública estadual para o fortalecimento de políticas públicas voltadas para as mulheres vítimas de violência doméstica. Ele acredita que a Secretaria Estadual da Mulher será o local específico para que as vítimas sejam acolhidas, com todo o apoio psicossocial, promoção de serviços de saúde, de autonomia econômica, atendimentos especializados de órgãos públicos da justiça, segurança pública, da rede assistencial e de entidades que prestam atendimento à mulher e garantem os seus direitos.

“Essa Secretaria Estadual da Mulher vai dar maior agilidade na assistência a ser ofertada às vítimas de violência doméstica com serviços especializados, de forma acolhedora e com atendimento humanizado. Além disso, vai tornar todo o processo mais rápido, menos dolorido e permitir que elas se sintam mais fortalecidas com todo o amparo recebido para recomeçarem as suas vidas”, mencionou o deputado.

Ele destaca que com a nova pasta, também oportunizaria a inserção das mulheres no mercado de trabalho para garantirem a autonomia financeira com a promoção de cursos de qualificação. “Dar o amparo necessário para as vítimas quebrarem o ciclo da violência doméstica sofrida para recomeçarem as suas vidas junto aos seus filhos e familiares. Elas estarão exercendo a cidadania, com maior habilidade de agir, enxergando a sua capacidade e melhorando a autoconfiança e auto estima”, finaliza Thiago Silva.

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do A Notícia MT (anoticiamt.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site A Notícia MT (anoticiamt.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

image